0

Pets recebem bênção especial no dia do santo protetor

No dia de São Francisco de Assis, bichinhos receberam bênçãos e orações especiais

4 out 2015
17h58
atualizado às 18h13
  • separator
  • 0
  • comentários

Inúmeras famílias católicas levaram seus animais de estimação à paróquia da Sagrada Família em Bauru, no interior de São Paulo, neste domingo (4) para receberem uma bênção especial no dia de São Francisco de Assis. Na porta da paróquia, ao lado de uma imagem do santo tido como protetor dos animais, o padre Gustavo Mota usou água benta para abençoar cães, gatos, pássaros e até jabutis.  

O golden Jhonny e sua dona, Fátima
O golden Jhonny e sua dona, Fátima
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

Siga Terra Notícias no Twitter

O aposentado Francisco Esmar de Baptista e a esposa, a dona de casa Vera Lúcia Baptista, foram logo cedo levar o cãozinho da raça pinscher Kiko. "É a primeira vez que ele recebe uma bênção como essa. Sempre rezamos para São Francisco de Assis pedindo proteção a ele", contou Francisco, xará e devoto do santo. "Hoje em dia todo mundo é bem mais apegado aos animais", comentou Vera.  

O senhor Francisco e seu cachorrinho Kiko
O senhor Francisco e seu cachorrinho Kiko
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

A dona de casa Fátima Pescarolo atravessou a cidade para levar à paróquia o golden retriever Jhonny, que chamou a atenção pelo porte e ganhou carinho das pessoas que estavam no local. "O padre disse durante a missa que os animais são nossos irmãos, mas para muitos são filhos. No meu caso é neto. Minha filha sempre quis ter um golden, mas como mora num apartamento pequeno em Marília ele acabou ficando aqui comigo", disse.  

As sete calopsitas de Dalvina Zequin Simolin arrancaram suspiros e sorrisos quando a dona de casa chegou na paróquia com a gaiola. "Elas vivem soltas, estão agitadas. Vim para elas ficarem mais protegidas. Quando ficam doentes peço logo a São Francisco. Só fiquei chateada porque esqueci de trazer a tartaruga", lamentou.  

Além dos que pediam proteção, havia ainda quem buscasse uma cura, através da fé, para problemas de saúde. É o caso da funcionária pública aposentada Vera Porto, que levou a schnauzer Vésper Inês, de 13 anos. "Sou devota e rezo todos os dias por ela. E o interessante é que a convivência com animais humaniza a gente", avaliou. Ela fez questão de explicar o significado do curioso nome composto da filha de quatro patas. "Vésper significa 'estrela da tarde' e Inês é em homenagem a uma amiga querida".  

Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

O padre recebeu as famílias antes e depois da missa da manhã. É a primeira vez que a bênção especial aos animais é feita na paróquia - que não pertence a ordem dos Franciscanos - e  que foi inaugurada em 2008. Ele lembra que a presença dos animais na família é importante. "Não que eles venham a substituir uma criança ou algum outro membro da família. A presença deles agrada, faz a diferença", disse.  

Bauru possui quatro comunidades ou capelas que levam o nome do padroeiro. Na Santo Antônio, igreja franciscana no Jardim Bela Vista, além da bênção especial aos animais antes da missa das 19h30 deste domingo, há ainda programação festiva. Entre sábado e domingo a comunidade pode desfrutar de uma quermesse.  

O dia de São Francisco de Assis é comemorado nas igrejas franciscanas espalhadas pelo país e o dia 4 de outubro é considerado uma data solene. 

Francisco nasceu em 1182 na cidade de Assis, Itália, e recebeu o nome Giovanni di Pietro di Bernardone. Filho de um rico e próspero comerciante italiano, ele abriu mão das posses da família ainda muito jovem para se dedicar aos pobres e necessitados. 

Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

Além de protetor dos animais, seu nome é sinônimo de fraternidade e símbolo de humildade. Exemplo escolhido pelo papa Francisco - então cardeal argentino Jorge Bergolio - que em 2013 tornou-se o primeiro pontífice da América Latina e o primeiro a escolher tal nome para seu pontificado.

Hoje também é lembrado o Dia Mundial dos Animais. A data começou a ser comemorada em 1931, em um Congresso Ambiental em Florença, na Itália. A escolha do dia 4 de outubro foi uma homenagem ao dia de São Francisco de Assis, também comemorado nessa data e devido à preocupação que ele tinha com os animais e com o meio ambiente. 

Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

 

Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Vera Porto e sua schnauzer Vésper
Vera Porto e sua schnauzer Vésper
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra
Dalvina levou as calopsitas para a bênção
Dalvina levou as calopsitas para a bênção
Foto: Talita Zaparolli / Especial para Terra

  

 

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade