0

Com Met Gala adiado, canal exibe especial com looks icônicos

9 mai 2020
15h17
atualizado em 11/5/2020 às 01h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em tempo de quarentena, em que todos os eventos foram cancelados, incluindo os de tapete vermelho, o Met Gala, baile anual beneficente, que precede exposição de moda no Metropolitan Museum, em Nova York, que aconteceria na última segunda-feira (4), também foi adiado. O baile é um dos mais fashionistas do mundo, com looks malucos, como o vestido de lustre de Kate Perry, os quatro looks de Lady Gaga, Rhianna de papisa, looks com duas cabeças .Kim Kardashian  com vestido em homenagem ao look da Cher, de 1974 muitos outros.

Lady Gaga (Foto: E! Entertainment/Divulgação)
Lady Gaga (Foto: E! Entertainment/Divulgação)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Para relembrar os momentos mais comentados do MetGala, o canal E! Brasil, exibirá neste domingo (10), às 22h45, o especial "The Met Gala: Ultimate Fashion Moments",  com uma hora de duração. A apresentação será da especialista em moda do E!, Zanna Roberts Rassi e do estilista das celebridades, Brad Goreski. O programa fará uma retrospectiva com os protagonistas das edições mais recentes do MetGala, sem deixar de lado alguns dos casais que se tornaram ícones, graças às suas entradas triunfais no tapete vermelho.

CardiB, Katy Perry, Lady Gaga e Jared Leto (Fotos: Reprodução/Instagram)
CardiB, Katy Perry, Lady Gaga e Jared Leto (Fotos: Reprodução/Instagram)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

https://www.instagram.com/p/BxI_KEbgdgi/?utm_source=ig_embed

Entre eles, Jennifer López e Alex Rodríguez, sincronizados de 2017 a 2019; George e Amal Clooney, o casal mais comentado em 2015 e 2018; Miley Cyrus e Liam Hemsworth, que fizeram sua última aparição como casal 2019, são algumas das celebridades protagonistas deste especial.

Tom Brady e Gisele Bündchen (Fotos: Divulgação/Versace)
Tom Brady e Gisele Bündchen (Fotos: Divulgação/Versace)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

O especial mostrará também quais foram as 10 melhores chegadas ao tapete vermelho, assim como apresentará imagens e entrevistas inéditas com todas as estrelas mais aclamadas dos últimos tempos. Sarah Jessica Parker, Kim Kardashian, Rihanna, Michelle Williams, Tom Brady, Gisele Bündchen e, claro, Billy Porter, entre outros artistas.

Cher em 1974 e Kim Kardahian com vestido de Roberto cavalli, em homenagem Pà cantora (Fotos: Reprodução/Instagram)
Cher em 1974 e Kim Kardahian com vestido de Roberto cavalli, em homenagem Pà cantora (Fotos: Reprodução/Instagram)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Entrevista

Veja abaixo entrevista com Zanna Roberts Rassi, que conta quais são os looks mais icônicos que viu e como foi a preparação para a gravação do programa, de sua casa, em que até seu marido atuou como câmera, iluminador e sonoplasta.

Zanna Roberts Rassi (Foto: E! Entertainment/Divulgação)
Zanna Roberts Rassi (Foto: E! Entertainment/Divulgação)
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Pergunta: Por que o Met Gala é tão importante e único para o mundo da moda e dos estilistas?

Zanna Roberts Rassi: O Met Gala é para a moda o que o Oscar é para o cinema. É a maior noite da moda. Não só é uma oportunidade para os estilistas criarem obras-primas únicas, mas a festa de gala é a maior arrecadação anual de fundos a cada ano para o Metropolitan Museum's Costume Institute.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Nana Rude (@nanarude) em

Pergunta: Se você tivesse que escolher as três roupas mais icônicas de todos os tempos no Met Gala, quais escolheria e por quê?

ZRR:  1) Lady Gaga - 2019. Quatro looks, uma entrada de 16 minutos em performance com toda a sua equipe da Haus of Gaga!

2) Cher - 1974. Apenas este vestido de Bob Mackie. Isso foi muito antes do Met Gala ser povoado pelos grandes fashionistas radicais.

3) Rihanna - 2015. Rihanna solidificou seu lugar na história da moda, usando aquele vestido Guo Pei que pesava 55 quilos. A cauda tinha mais de 5 metros de comprimento, ela realmente precisava de uma equipe para ajudá-la a subir as escadas!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por badgalriri (@badgalriri) em

Pergunta: Qual edição do Met Gala foi mais memorável para você?

ZRR: "Heavenly Bodies: Fashion and the Catholic Imagination" (2018). Foi um tema que ressoou com tudo, como tema familiar e iconografia e estilo reconhecíveis. Você não precisava estar no mundo da moda para entendê-lo. Isso provocou algumas conversas interessantes e houve uma grande tensão com o aparecimento de santos e pecadores no tapete.

Além disso, foi a maior exposição já realizada pelo Costume Institute, com peças das vestimentas sagradas do Vaticano. Isso incluiu empréstimos excepcionais dessas roupas, algumas das quais jamais haviam deixado Roma. Mais de 150 roupas do século passado, além de peças de todos os grandes estilistas.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Dolce&Gabbana (@dolcegabbana) em

Quem você acha que é sempre o mais inteligente no Tapete Vermelho do Met Gala?

ZRR:  Sarah Jessica Parker! Ela é uma veterana do Met. Ela me contou que começa a trabalhar em seu look já no dia em que o tema é anunciado. Há muitas pesquisas por trás de tudo o que compõe o visual final. Ela está sempre totalmente envolvida em cada detalhe, desde o início, em todo o look. Como em 2013, quando ela precisou sentar-se no chão de seu carro para entrar com o moicano personalizado de Philip Treacy!

Pergunta: Como são os bastidores de um evento como este? Que momentos chamaram sua atenção em bailes anteriores?

ZRR: Nos bastidores, vemos tudo pela primeira vez junto com o resto do mundo enquanto aguardamos as chegadas. Ficamos de boca aberta também junto às bocas de todo mundo. Em relação aos momentos mais cativantes, a chegada de Gaga em 2019 foi um dos momentos mais épicos. Foi incrível!

Pergunta: Qual seria o melhor tema/versão para o Tapete Vermelho do Met Gala para você e por quê?

ZRR: Eu gostaria de ver algo focado em sustentabilidade. Tenho certeza de que isso vai acontecer de forma muito inteligente, com Andrew Bolton (o cérebro do Met) e sua brilhante equipe.

Pergunta: Como você se prepara para o Met Gala? Você faz alguma pesquisa primeiro sobre o assunto, as celebridades? Qual é o seu ritual?

ZRR: Sim, muito! Também passo meu tempo conversando com designers, estilistas e equipes de bastidores para compartilhar tudo imediatamente dentro do E!

Pergunta: Você acha que a indústria da moda e da beleza continuará a mudar e que veremos alguns impactos nessas indústrias após a pandemia global?

ZRR:  Com certeza. Os hábitos de compra mudaram naturalmente para as vendas online, e continuarão a se mover nesta direção pós-pandemia. As vendas online aceleraram e as marcas agora estão conectando seus compradores de forma muito mais íntima através das mídias sociais.

Foi um show surreal para filmar. Eu fui a apresentadora no ar e também a minha própria cabeleireira, maquiadora e figurinista.meu marido foi o iluminador, sonoplasta e câmera!

Pergunta: Como foi a experiência de fazer parte deste especial sobre o Met Gala, tomando as medidas necessárias, durante esta Pandemia de Covid-19?

ZRR:  Foi um show surreal para filmar. Eu fui a apresentadora no ar e também a minha própria cabeleireira, maquiadora e figurinista. Entre as chamadas em conferência, meu marido foi o iluminador, sonoplasta e câmera! Foi divertido passar um tempo com meu melhor amigo Brad (virtualmente), falar sobre moda é uma das minhas coisas favoritas, óbvio. Espero que o público goste de assistir a este especial tanto quanto nós gostamos de fazê-lo.

Pergunta: Especialmente depois da pandemia, a sustentabilidade deve ser uma prioridade nos Tapetes Vermelhos? Como Jane Fonda no Oscar, assim como outras atrizes, que usam o mesmo vestido mais de uma vez em diferentes eventos?

ZRR:  100%. Sustentabilidade é a chave. Exemplos claros disso no passado são as gêmeas Olsen, Laura Harrier e o Green Carpet Challenge, de Livia Firth.

Veja também:

Isis Valverde ensina a pintar as unhas com sombra de make
Elas no Tapete Vermelho
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade