0

SUS ganha mais 4 medicamentos para tratamento da psoríase

Novos fármacos serão fornecidos a pacientes de casos graves, que não respondem bem aos remédios já oferecidos na rede pública ou que têm restrições

23 set 2019
16h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O Sistema Único de Saúde (SUS) anunciou neste mês que irá expandir a gama de tratamentos para psoríase que são oferecidos gratuitamente aos cidadãos.

Pacientes com psoríase terão acesso a novos tratamentos pelo SUS - Foto: Shutterstock
Pacientes com psoríase terão acesso a novos tratamentos pelo SUS - Foto: Shutterstock
Foto: Foto: Shutterstock / Minha Vida

Ao todo, serão disponibilizados mais quatro medicamentos como alternativa para os casos mais graves da doença, pacientes que não tiveram uma boa evolução com tratamentos anteriores ou para quem tem restrição aos remédios já fornecidos.

Os novos fármacos da rede pública são:

  • Adalimumabe: medicamento usado na primeira etapa do tratamento de psoríase, após constatada falha em progressos com medicamentos já ofertados.
  • Secuquinumabe e ustequinumabe: mais fortes, são indicados para uma segunda fase do tratamento, caso na primeira o paciente não apresente progressos satisfatórios.
  • Etanercepte: remédio indicado para tratamento de psoríase em crianças que não apresentaram evolução no tratamento padrão da doença.

Todos estes medicamentos já eram fornecidos pelo SUS, porém, direcionados para pacientes com outras enfermidades.

O que é psoríase

A psoríase é uma doença crônica da pele, caracterizada por placas vermelhas com descamação branca, sem cura e sem causas definidas. 

Afeta pessoas de todas as idades e sua manifestação é mais comum no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Também pode aparecer nas mãos, pés, unhas, região genital e até mesmo por todo o corpo.

Tratamento da psoríase

Geralmente, após consulta médica, são ofertadas uma ou mais opções de tratamento a depender da gravidade de cada caso: tópico (uso de cremes e pomadas), sistêmico (medicamentos via oral, intravenoso ou intramuscular) e fototerapia.

Pelo SUS, pacientes com psoríase têm acesso a:

  • Fototerapia: utilização de luzes especiais para combate de manchas na pele.
  • Medicamentos já fornecidos: ciclosporina, metotrexato, acitretina, calcipotriol, clobetasol e dexametasona.
  • Medicamentos novos: adalimumabe, secuquinumabe, ustequinumabe e etanercepte.

Mais sobre psoríase

Desvende os tipos de psoríase e suas diferenças

Veja 8 cuidados para evitar crises de psoríase

Confira como cuidar da psoríase no couro cabeludo

Minha Vida
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade