PUBLICIDADE

Guia completo do Bacalhau: como escolher, dessalgar e preparar o peixe

Especialista explica quais são os tipos e como preparar o bacalhau perfeito

22 dez 2023 - 15h24
Compartilhar
Exibir comentários
Bacalhau é prato que faz sucesso nas mesas dos brasileiros no fim de ano
Bacalhau é prato que faz sucesso nas mesas dos brasileiros no fim de ano
Foto: iStock

O bacalhau é um dos peixesmais consumidos no planeta, sendo ingrediente "obrigatório" na mesa de várias das celebrações especiais, como a Páscoa, o Natal e o Ano Novo. O peixe é usualmente comprado salgado e leva sabor e intensidade para ser preparado cozido, confitado, assado, empanado, grelhado ou ainda compondo o recheio de tortas, quiches e os famosos bolinhos de bacalhau.

Esse peixe é pescado nas águas geladas do nordeste do Oceano Atlântico, com destaque para a produção do bacalhau norueguês. Segundo Abner Almeida, CEO da Caxamar Brasil e especialista em bacalhau, comenta que o peixe comercializado como bacalhau pode ser originado de algumas variedades de peixe.

Comidas típicas de Natal de outros países que não tem no Brasil Comidas típicas de Natal de outros países que não tem no Brasil

Confira abaixo as dicas e curiosidades sobre esse peixe que separamos com o especialista.

O que é o bacalhau?

“Os peixes comercializados como ‘legítimo’ ou ‘verdadeiro’ bacalhau, são das variações Gadus Morhua, que é pescada somente no Oceano Atlântico Nordeste, e a Gadus Macrocephalus, pescada somente no Oceano Pacífico”, conta Almeida.

Segundo ele, o bacalhau Gadus Morhua apresenta uma textura mais macia e um perfil de sabor mais complexo, produzindo lascas a cada garfada. Já o bacalhau Gadus Macrocephalus apresenta aspecto mas desfiado ao ser servido, com sabor menos intenso e textura um pouco mais rígida.

Há ainda os peixes “tipo bacalhau”, das variações Saithe, Zarbo, Ling, Cod e Polaca, que são mais em conta e não são classificados como bacalhau legítimo. “Esses tipos podem causar confusão sobre a legitimidade na hora da compra e deveriam estar identificados corretamente nos pontos de venda.”

Como escolher bacalhau?

O bacalhau salgado é o tipo mais comum à venda. No entanto, há opções disponíveis no mercado para comprar o bacalhau já dessalgado - Abner Almeida comenta que é válido comprar o bacalhau dessalgado, caso venha de um fornecedor certificado e de confiança, uma vez que os processos industriais de dessalgue do bacalhau, se feitos criteriosamente, preservam os sabores e texturas do peixe - basta descongelar por algumas horas e ele estará pronto para o uso nas receitas, oferecendo, portanto, maior praticidade na cozinha.

Na hora de adquirir o bacalhau salgado, você deve observar os seguintes critérios para um bacalhau de qualidade:

  • O bacalhau deve ter aspecto seco. Se, ao toque, o peixe apresentar textura amolecida, limosa ou molhada não leve o produto;
  • Não compre postas e lombos de bacalhau que apresentem pintas pretas ou marrons e manchas vermelhas ou rosadas de sangue, que são indicativas de excesso de umidade e refrigeração inadequada e de presença de fungos e/ou bactérias no peixe;
  • Procure postas de coloração mais amarelada, que indicam maior cura e apresentam melhor textura e sabor. Um bacalhau mais esbranquiçado apresenta cura menor e perfil de menor qualidade;

Segundo o especialista, a dica de procurar por produtos de maior cura também vale para o bacalhau dessalgado e congelado – tais informações geralmente estão indicadas nas embalagens.

Como dessalgar o bacalhau corretamente?

Para o especialista, o dessalgue não é complexo, e a maior dificuldade seria em relação ao tempo. “O bacalhau salgado deve ser lavado em água corrente, para retirar o excesso do sal, colocando em um pote com tampa e bastante água gelada. Deixe o peixe totalmente coberto de água, mantendo-o na geladeira o tempo todo para que o sabor e frescor sejam preservados”, comenta Almeida.

“Troque a água de 4 em 4 horas, sempre adicionando água gelada. Este processo deve ser repetido por 1 a 4 dias dependendo do tamanho e altura dos lombos”, explica. Para postas e lombos baixos basta 1 dia; lombos médios requerem aproximadamente 2 dias; os lombos mais altos devem ficar 3 a 4 dias no processo de dessalgue, dependendo da cura.

O que combina com bacalhau?

“Os ingredientes básicos e tradicionais que mais combinam com bacalhau são: batatas, ovos, cebola, azeitona e muito azeite. No entanto, a versatilidade do bacalhau é enorme, podendo ser elaborado com molho branco ou ao sugo, com tomate, brócolis, vagem, espinafre e pimentão.”

Almeida ainda ressalta ingredientes menos comuns e que combinam bastante com bacalhau, como camarão, linguiça de porco e presunto parma, por exemplo, que oferecem contraste aos pratos com esse peixe.

Como preparar o bacalhau?

O principal ponto a ser observado na hora de preparar bacalhau é atingir o ponto correto. Considerando o fato de ser um peixe, o especialista explica que o ponto ideal do bacalhau pode ser atingido entre 30 a 35 minutos no forno.

"Ao lascar o Gadus Morhua, ele tem que estar brilhante e não estar seco, significando que está no ponto. Nas receitas contendo batata, dependendo do tamanho delas, o ingrediente deve ser adicionado pré-cozido, pois se o bacalhau tiver que esperar o tempo da batata, provavelmente passará do ponto."

Atente-se às receitas que pedem uma rápida fervura nos lombos para serem desfiados em cascas, uma vez que o ponto do peixe será atingido mais rapidamente.

Que bebidas harmonizar com bacalhau?

"Gosto de ir além dos vinhos brancos e espumantes, que também combinam perfeitamente, pareando com tintos leves como Pinot Noir ou vinhos rosé."

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade