PUBLICIDADE

Confira as melhores marcas de azeite com os menores preços

Entrevistamos um degustador profissional de azeites para nos ensinar como escolher os melhores azeites dos supermercados

13 jun 2022 10h18
| atualizado às 16h40
ver comentários
Publicidade

Se engana quem acha que azeite é igual a vinho, na verdade, é exatamente o oposto. Quanto mais jovem e mais fresco o azeite for, melhor! Sandro Marques, degustador profissional de vinhos e autor do Extrafresco: Guia de Azeites do Brasil, nos passou as melhores dicas para escolher um azeite de qualidade para o dia a dia. 

Foto: LordHenriVoton / iStock

Como ter um bom azeite em casa?

“Como o azeite é o suco de uma fruta, ele se degrada com o tempo, por isso quanto mais jovem, melhor. Se for envasado e armazenado de forma correta vai durar uns 2 anos dentro da garrafa. Mas o mais importante é entender que depois que você abriu o azeite, ele precisa ser consumido em no máximo 40 dias e é essencial que você mantenha longe de fontes de luz e calor”, conta Sandro. Isso quer dizer que ele não deve ser armazenado perto do fogão ou da janela da sua cozinha, sempre mantenha dentro de armários arejados.

Também por esses motivos, você deve preferir azeites com garrafas escuras, elas impedem que a luz entre e acelere o processo de degradação do azeite. Outro fator que pode influenciar nesse processo é o transporte e armazenamento, por isso ele aconselha a sempre escolher azeites que viajaram menos para chegar até sua casa, boas opções são os produzidos na América do Sul.

Sandro Marques, degustador profissional de vinhos e autor do Extrafresco: Guia de Azeites do Brasil.
Sandro Marques, degustador profissional de vinhos e autor do Extrafresco: Guia de Azeites do Brasil.
Foto: Sandro Marques

A dica de milhões

Como especialista, ele diz que sempre dá essa dica para as pessoas: “compre dois azeites diferentes para treinar seu nariz: o azeite que você já está acostumado e um outro diferente, e vá experimentando. Assim você aprende a diferenciar os azeites pelo aroma. Quando você abrir a garrafa e sentir um cheiro fresco, algo como grama fresca, grama cortada ou ervas cortadas, é porque esse azeite tem qualidade. Quanto mais intenso for esse aroma, mais qualidade ele possui”. 

Mitos sobre o azeite

Durante o ano, Sandro experimenta mais de mil tipos de azeite como jurado de premiações internacionais, e por isso tem expertise para nos contar se o azeite grego é ou não o melhor do mundo. “Isso não é verdade, todos os países que produzem azeites, produzem alguns muito bons e outros ruins. Inclusive, nas competições os azeites brasileiros estão em pé de igualdade com os gregos, italianos e portugueses, e têm recebido prêmios expressivos”, explica o degustador.

Ele esclarece ainda um segundo boato, afirma que a acidez do azeite não é parâmetro de qualidade, na verdade ela só mede a qualidade do momento da extração, mas não dá conta de outras coisas que podem acontecer com o azeite depois disso. 

Agora, confira a lista que Sandro Marques fez das melhores marcas de azeite com os menores preços:

1 - Santiago

Faixa de preço: de R$26,29 a R$34,99

 

2- Nova Oliva

Faixa de preço: de R$23,90 a R$28,80

 

3- Andorinha Primeira Colheita

Faixa de preço: de R$36,99 a R$38,90

 

4- Borges Picual 

Faixa de preço: de R$22,39 a R$38,99

 

5- O-live

Faixa de preço: de R$21,59 a R$26,99

Redação Degusta
Publicidade
Publicidade