PUBLICIDADE

Café ajuda a viver mais, se você souber como tomar

Cientistas reuniram quase 500 mil pessoas para entender os benefícios do café. A bebida pode reduzir risco de doenças, desde que haja um estilo de vida saudável

28 set 2022 - 11h40
(atualizado às 14h10)
Compartilhar
Exibir comentários

Beber duas a três xícaras de café por dia pode prolongar a vida, conforme sugere um estudo publicado no European Journal of Preventative Cardiology. As descobertas do estudo se aplicam às versões moída, instantânea e descafeinada da bebida, mas os pesquisadores ressaltam que o consumo de café deve fazer parte de um estilo de vida saudável.

Foto: ijeab/envato / Canaltech

A pesquisa aponta que, quando comparado a evitar o café, o hábito de beber algumas xícaras por dia também foi associado a um menor risco de doença cardiovascular. Para se ter um parâmetro, o descafeinado contribuiu para um risco de morte 14% menor, enquanto a versão moída reduziu esse risco em 27% e a versão instantânea em 11%.

"Neste campo de estudo observacional, café instantâneo e descafeinado foram associados a reduções equivalentes na incidência de doenças cardiovasculares e morte por doença cardiovascular ou qualquer causa", apontam os pesquisadores.

Estudo sugere que café reduz risco de doenças cardiovasculares, desde que faça parte de um estilo de vida mais saudável (Imagem: Natabuena/Envato)
Estudo sugere que café reduz risco de doenças cardiovasculares, desde que faça parte de um estilo de vida mais saudável (Imagem: Natabuena/Envato)
Foto: Canaltech

O estudo investigou as ligações entre diferentes tipos de café e ritmos cardíacos, doenças cardiovasculares e morte usando dados do estudo UK Biobank, com participantes de 40 a 69 anos. No caso das doenças cardiovasculares, os cientistas se concentraram em doença cardíaca coronária, insuficiência cardíaca congestiva e acidente vascular cerebral isquêmico.

Cerca de 449.563 pessoas responderam a um questionário perguntando quantas xícaras de café bebiam por dia. A teoria dos especialistas é que provavelmente um dos muitos componentes biológicos acaba responsável pela relação positiva entre beber café, doenças cardiovasculares e sobrevivência.

Fonte: Sky News via The Guardian

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade