0

Isa Souza ensina prato especial para recém-casados e iniciantes na cozinha

Chef e apresentadora dá dicas para quem não domina a arte da culinária e mostra como preparar um risoto siciliano com camarão

  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Isa Souza é formada em direito e, desde 2010, comanda o cooking show <em>Isa, Vida Y Sabor</em> nos Estados Unidos</p>
Isa Souza é formada em direito e, desde 2010, comanda o cooking show Isa, Vida Y Sabor nos Estados Unidos
Foto: Fernando Borges / Terra

Cozinhar é uma arte. Certo? Sim. Mas não precisa ser artista para dominar a cozinha. Chefs e culinaristas garantem que com um pouco de atitude e a receita certa, uma boa refeição está garantida. “Independente de qualquer coisa, tem que ter vontade”, afirma a chef e apresentadora de TV Isa Souza.

Foi com este espírito, que Isa recebeu a equipe do Terra para uma entrevista exclusiva em São Paulo. “É tudo muito simples, desde que você tenha vontade de fazer e queira que a coisa fique legal”, disse. A ideia vale para quem está saindo da casa dos pais para morar sozinho ou ainda para aqueles que estão pensando ou acabaram de se casar e querem que a cozinha seja mais do que mais um cômodo na casa nova.

<p>"É tudo muito simples, desde que você tenha vontade de fazer", diz sobre a arte de cozinhar</p>
"É tudo muito simples, desde que você tenha vontade de fazer", diz sobre a arte de cozinhar
Foto: Fernando Borges / Terra

E a melhor maneira é aprender com quem sabe fazer e Isa fala com propriedade sobre o assunto. Desde 2010, ela comando o programa Isa, Vida Y Sabor, exibido em um canal de TV hispânico nos Estados Unidos e em El Salvador. Em espanhol, ela ensina receitas e dá dicas de culinária para desempenhar pratos saudáveis sem perder o sabor.  “A comida tem que ser fácil de fazer e ter sabor. A comida light é normal, mas com apenas redução de gordura”, explica.

Nascida no interior do Rio Grande do Sul, Isa formou-se em direito, fez mestrado na Espanha e decidiu mudar de profissão e “virar” chef depois de não conseguir exercer a carreira fora do país. Fã de culinária, estudou no The French Culinary Institute, em Nova York, e começou a dar aulas sobre como cozinhar quando mudou-se para Miami, também nos Estados Unidos, onde morava até o último mês, quando casou-se com o empresário carioca André Torres e está de malas prontas para ficar no Rio de Janeiro. “Quando eu dava cursos para pessoas que queriam aprender a cozinhar, eu fazia na casa da pessoa. Porque você tem que saber que dentro da sua cozinha você tem tudo para preparar. Não tem que complicar”, afirma.

É com esta ideia simples e de que tudo é possível que a chef passou dos cursos de culinária para a televisão em um acontecimento “inesperado”. Isa foi descoberta por um produtor de TV depois de preparar um banquete de doces brasileiros como presente para a festa de aniversário de uma amiga, em Miami. “Nunca tinham comido brigadeiro, quindim, beijinho e enlouqueceram. Eles diziam: ‘você precisa estar na televisão’ e eu ria. Imagina eu na televisão? Mas aconteceu”, diverte-se ao lembrar do começo da carreira como apresentadora.

Mas a ideia deu certo, o cooking show caminha para a terceira temporada, gerou uma parceria com a filha Mariana, de 23 anos, que é cineasta e assina a direção executiva do programa, além de um livro com as receitas da primeira série de episódios que deve ser lançado em breve nos Estados Unidos e, segundo ela, ainda este ano no Brasil, traduzido pela própria chef para o português.

Além das receitas, a chef fala também sobre noções de cidadania, como defesa pelo meio-ambiente, por exemplo. Ela é adepta ao uso de folhas de papel toalha ao invés de pano de prato na cozinha, além de não estragar as embalagens plásticas para “facilitar a reciclagem”. Isa comenta também sobre a diferença dos produtos orgânicos e transgênicos. “No Brasil, esta é uma questão muito polêmica, porque ainda tem gente morrendo de fome aqui”, compara com os Estados Unidos. Apesar de cuidadosa em relação ao assunto, ela diz que os orgânicos apesar de “mais feios e durarem menos, têm mais sabor”, enquanto os transgênicos parecem “isopor”.

<p>Isa Souza conta seu lema: "a comida tem que ser fácil de fazer e ter sabor"</p>
Isa Souza conta seu lema: "a comida tem que ser fácil de fazer e ter sabor"
Foto: Fernando Borges / Terra

No entanto, esta preocupação deve ficar na prateleira do supermercado e, na cozinha, a atenção deve ser voltada para o preparo do prato e tentar fazer do local um lugar especial na casa. “Eu acho que o melhor presente que você pode dar é dedicar seu tempo em nutrir alguém. Demonstre o seu amor na cozinha pelo seu parceiro, seu amor, seu amigo, seu namorado, seu filho”, incentiva. Mas, mesmo apesar desta boa vontade, ela alerta que é preciso ter um cuidado. “Quando você está amando, tem que ter cuidado. Lá no Sul, a gente diz que quando a comida fica muito salgada, você está amando. A mão do apaixonado é mais pesada”, brinca.

Inspirada pela lua de mel que vive há um mês, a chef escolheu preparar uma receita de Risoto siciliano com camarão. “Risoto é prático, não faz muita bagunça na cozinha. Usa uma panela só”, explica o motivo do prato ser uma boa dica para quem ainda não tem muita intimidade com a cozinha. No preparo, ela ressalta a importância de usar o vinho para “abrir a fibra do arroz”. “O risoto precisa de um cozimento lento. Você tem que tomar conta dele. Ele é, na verdade, um arroz cremoso”, explica.


RISOTO SICILIANO COM CAMARÃO

Ingredientes para o risoto:
1 cebola branca picada
2 dentes de alho picados
1 limão siciliano inteiro (suco, raspas e bagaço)
1 taça de vinho branco
1 xícara e ½ de arroz arbóreo
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
Pimenta
Sal
Azeite de oliva
Queijo parmesão ralado

Ingredientes para o camarão salteado na manteiga:
Camarões médios e frescos
Azeite de oliva
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sobremesa de alho desidratado
Salsinha e cebolinha a gosto

MODO DE PREPARO:

Risoto:

Primeiro passo coloque cerca de 2 litros de água para esquentar. Quando ela estiver quente, esprema um limão siciliano inteiro nela. (Faça isso colocando uma das mãos por baixo, para que filtre as sementes). Depois, jogue o limão já espremido na panela para esquentar também. Esta água será usada para hidratar o risoto.  “Lembre-se sempre de lavar a mão e o antebraço depois de usar limão na cozinha. Ele pode manchar a pele”, alerta Isa.

Depois, aqueça a panela que usará para fazer o risoto em fogo alto. “Ele pode ser feito em qualquer panela, mas prefira uma que tenha a circunferência maior, para o risoto se espalhar por toda a superfície”, explica.  Depois de aquecida, abaixe o fogo e coloque aproximadamente três colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem.

Em seguida, jogue uma colher de sopa de manteiga sem sal. Antes dela estar totalmente derretida, acrescente os dois dentes de alho picados. Quando o alho começar a estralar e ficar dourado, jogue a cebola picada. Depois que a cebola começar a fritar, é hora de acrescentar o arroz (não é necessário lavá-lo). Quando o arroz começar a estralar, acrescente sal e pimenta a gosto. (Uma colher de chá pode ser a quantidade ideal para esta receita. A pimenta moída na hora também pode deixar a receita com mais sabor). “Tem que aprender a conversar com a comida. Quando o alho começa a estralar, ele está chamando a cebola para a festa”

Depois disso, é fundamental mexer o risoto o tempo todo. Ele deve levar de 20 a 30 minutos para ficar pronto. Lembre-se também de vigiar o fogo e mantê-lo sempre baixo.

Após misturar os temperos, jogue um copo americano de vinho branco e continue mexendo. Em seguida, acrescente as raspas de um limão siciliano. “Agora é hora de colocar o que dá personalidade ao risoto, a predominância do sabor. Aqui no caso, vamos colocar as raspas do limão”, explica.  Vale lembrar que as raspas devem ser tiradas com calma para garantir que somente com a parte colorida saia, já que a membrana branca é amarga.

Quando o arroz começar a grudar no fundo da panela, é o momento certo de começar a colocar a água.  Com uma concha, junte a água com limão que já foi aquecida anteriormente.

Coloque a água aos poucos, encobrindo todo o arroz e vá mexendo sempre devagar. “Nessa hora ele começa a pedir água. Viu como é fácil cozinhar?”. O risoto não pode ficar seco, deixe-o sempre molhado. Quando perceber que está começando a grudar no fundo da panela, é hora de acrescentar mais água. Em média, isso acontece de três em três minutos, mais ou menos.

Atenção: caso a comida comece a dourar mais de um lado, vire a panela no fogão para igualar o cozimento.

O ponto que o arroz deve ficar é aquele que “quando puxa no prato, ele volta”, explica a chef.

O correto para o risoto é não deixá-lo totalmente cozido, mas em um ponto um pouco mais firme. Vale lembrar que como ele fica umedecido, o cozimento continua mesmo depois de desligar o fogo, por isso a água não pode secar totalmente.

Quando estiver perto do final do cozimento, é hora de testar o tempero e, caso necessário, acrescente mais sal e pimenta.

A parte final é colocar manteiga e o queijo parmesão, mas só faça isso antes de servir o prato.Coloque primeiro a manteiga e, em fogo baixo, mexa até ela derreter quase totalmente. Depois rale o queijo parmesão por cima e mexa o arroz de fora para dentro até ele também derreter.  Depois, sirva.

Camarão salteado na manteiga:

Para preparar o camarão, esquente a frigideira, depois coloque azeite de oliva e uma colher de sopa de manteiga sem sal. Após a manteiga derreter completamente, aumente o fogo e acrescente os camarões (frescos, de preferência).

Em seguida, tempere com sal, pimenta e alho desidratado. Quando começar a estralar, abaixe um pouco o fogo e vire-os de lado na frigideira. Cuidado para não queimar.  Em seguida, desligue o fogo e está pronto. O cozimento é bem rápido. “Tem que ter um pouco de rapidez na hora de colocar o camarão na frigideira e é melhor que não tenha água.  Além disso, ele não precisa cozinhar demais, senão vai ficar duro”, alerta Isa.

Para montar o prato, coloque o risoto, salpique poucas raspas de limão, acrescente os camarões e tempere com salsinha e cebolinha picadas a gosto. Se quiser, acrescente também um fio de azeite por cima de tudo.

 

 

 

Veja também:

Já pensou em um drinque para a noite de Natal ou Reveillon?
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade