PUBLICIDADE

Confira 5 dicas para ampliar quartos pequenos de casal

Aposte nessas dicas para deixar seu quarto de casal mais amplo e aconchegante

30 abr 2021
0comentários
Publicidade
Dicas para quartos pequenos
Dicas para quartos pequenos
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Com as casas e apartamentos ficando cada vez mais apertados, os quartos de casal com pouca metragem podem deixar de ser um incômodo e se tornarem sinônimo de aconchego, agregando uma dose extra de charme para o projeto.

Se você busca esse resultado, vale prestar atenção em alguns detalhes que vão tornar o ambiente mais amplo e funcional, garantindo a sensação de bem-estar e conforto que todos apreciam.

Veja 5 dicas que prometem ampliar e mudar totalmente o visual do quarto de casal:

1- Cuidado com o tamanho da cama

Divulgação / Marina Creplive
Divulgação / Marina Creplive
Foto: Alto Astral

Pode ser tentador, mas evite camas com dimensões que podem sobrecarregar o visual do quarto. Opte por tamanhos que se adéquem melhor ao espaço disponível, tornando o ambiente mais harmônico. Uma dica é sempre deixar a cama afastada dos cantos para facilitar a circulação e dar leveza ao local.

Quanto mais espelhos, melhor!

Divulgação / Marina Creplive
Divulgação / Marina Creplive
Foto: Alto Astral

Não é novidade para ninguém que os espelhos são curingas para dar mais amplitude a qualquer espaço. Para quartos pequenos, vale embutir o item no armário, economizando espaço e garantindo a sensação de um cômodo maior. "Nesse projeto, além dos espelhos e móveis personalizados sob medida, criamos uma paleta neutra e revestimos o piso e paredes em cimento queimado para dar mais unidade e amplitude aos ambientes", comentam as arquitetas Carolina Danylczuk e Lisa Zimmerlin.

Marcenaria planejada e móveis multifuncionais

Shutterstock
Shutterstock
Foto: Alto Astral

Para quem tem a casa pequena, marcenaria planejada pode ser uma grande salvação. Com um bom projeto, o ambiente ganha mais praticidade e espaços criativos. Além disso, optar por móveis multifuncionais, como as camas baú ou com gavetas embaixo, possibilitadas por um projeto personalizado de marcenaria, por exemplo, também são ótimas opções para deixar o ambiente mais amplo.

Texturas e cores contínuas

Divulgação / Marina Creplive
Divulgação / Marina Creplive
Foto: Alto Astral

Então quer dizer que quartos pequenos não podem receber cores diferentes ou texturas ousadas? Muito pelo contrário! A dica é pensar em uma linguagem visual contínua que ajude a ampliar o espaço. Por isso, escolher tons e texturas que preencham a parede é um truque essencial para quem quer dar mais personalidade para o ambiente.

"Por mais que o quarto seja pequeno, sempre pensamos numa área de apoio ao lado da cama - embutida ou não na cabeceira, dependendo do projeto - e uma iluminação mais pontual para auxiliar na leitura e complementar a iluminação do espaço" explicam as profissionais.

Invista no minimalismo

Reprodução / Instagram  @jessfioravante
Reprodução / Instagram @jessfioravante
Foto: Alto Astral

O minimalismo é perfeito para quem quer driblar a pouca metragem. Ambientes com poucas peças transmitem a sensação de espaço livre, por isso, vale escolher mesas de cabeceiras pequenas e itens de iluminação mais simples. "Nesse projeto, a ideia foi trazer a madeira com detalhe ripado para dar mais aconchego e textura para o quarto e um painel mais liso, neutro, na altura da cabeceira para quebrar um pouco esse efeito e agregar mais conforto na hora de apoiar a cabeça", finalizam as arquitetas.

Consultoria: Carolina Danylczuk e Lisa Zimmerlin, arquitetas.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade