PUBLICIDADE

5 projetos com 5 soluções de arquitetura para espaços pequenos

A arquiteta Júlia Guadix, do Studio Guadix, traz soluções de marcenaria para quartos, home offices e lavanderias em projetos compactos.

25 fev 2024 - 19h08
Compartilhar
Exibir comentários

Espaço insuficiente para armazenamento, a inserção de ambientes ou funções que até então não caberiam na planta baixa... Esses são alguns dos dilemas que os moradores de apartamentos pequenos enfrentam e, por isso, o profissional de arquitetura entra em cena com soluções inteligentes para resolver as demandas.

"Sei que cada questão resolvida no projeto impacta diretamente no bem-estar e no conforto de quem viverá no imóvel", afirma a arquiteta Júlia Guadix, à frente do seu escritório Studio Guadix.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

De acordo com ela, o primeiro passo não tem segredo: tudo decorre do envolvimento que estabelece com o morador para conhecer sua personalidade, rotina de vida, estilo e preferências. E sua habilidade criativa vem acompanhada de uma grande parceira na arquitetura de interiores: a marcenaria planejada.

Acompanhe 5 situações trabalhadas pela profissional:

1. Cabeceira com múltiplas funções

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Móveis multifuncionais são excelentes opções para a otimização dos espaços. Sofás que se convertem em camas, mesas expansíveis e estantes bem pensadas são exemplos de peças que oferecem o que é necessário sem comprometer a comodidade.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Com uma área compacta no quarto de sua cliente, Júlia encontrou na marcenaria da cama o caminho para abranger duas demandas importantes: uma penteadeira e o home office. Entre o vão da cabeceira e a parede, ela adicionou uma bancada com 45 cm de profundidade e 75 cm de altura.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Complementada por dois gaveteiros em cada lateral, os momentos de autocuidado são acionados com a abertura do vão central onde estão os itens pessoais e o espelho.

2. Lavanderia camuflada dentro do armário

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Nos imóveis novos, a área de serviço residencial sofreu algumas mudanças: nos studios, deixaram de existir e foram 'substituídas' pelas lavanderias compartilhadas nos condomínios. Em plantas compactas, aparecem com medidas reduzidas, estão aparentes e conectadas com a cozinha.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Mas isso não quer dizer que a área de serviço precisa ficar à vista de todos: nesse projeto realizado pela arquiteta, o ambiente surgiu em uma nova roupagem. Ao lado da bancada com o tanque em inox, o armário incorporou a máquina lava e seca, um cabideiro para as roupas passadas e um espaço para os itens de limpeza e outros acessórios.

3. Cloffice

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

A verticalização do espaço é uma estratégia eficaz em ambientes compactos. A utilização inteligente de paredes para instalação de prateleiras, nichos e armários aumentam as possibilidades dentro de um ambiente.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Assim como uma gaveta que abre e fecha, um ambiente pode surgir e ser guardado depois. Essa é ideia do cloffice, solução em que o home office está anexado dentro do armário, trazida pela arquiteta dentro do quarto da moradora. Para realizar o desejo de ter o escritório para chamar de seu, embora não houvesse outro ambiente disponível, a continuidade da marcenaria do guarda-roupa deu a ela um espaço perfeito e que não ficou com nada a dever com outros escritórios em casa.

"Muito pelo contrário: nosso projeto concedeu uma bancada confortável, gaveteiros soltos e algumas prateleiras que decoram o seu ambiente. Ao terminar as atividades, basta fechar para ter o dormitório sossegado, sem vista para o trabalho", explica a profissional. "Inclusive, este conceito pode ser utilizado em qualquer cômodo do projeto", complementa.

4. Assento com armazenamento

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Na impossibilidade de implementar um volume expressivo de armários, móveis e prateleiras estrategicamente posicionadas contribuem para evitar a sensação de aperto e desorganização.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Elemento chave na organização da área social do apartamento 70 m², a profissional realizou uma marcenaria em 'L': na sala de estar faz as vezes de rack e, no jantar, o banco baú proporcionou um vão bastante útil para armazenamento. "Logo na entrada, ainda conseguimos incluir uma porta de correr na marcenaria para camuflar a sapateira que organiza os sapatos que estão em uso", acrescenta.

5. Divisória inteligente

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Por último, o uso de divisórias ajuda a delimitar áreas sem bloquear, mantendo a sensação de continuidade. Nesse apartamento, essa foi a saída encontrada pela arquiteta Júlia Guadix para conferir a privacidade do morador quando recebe visitas na sala de estar.

-
-
Foto: Guilherme Pucci/Casa.com.br / Casa.com

Quando está sozinho em casa, sentado em seu home office, ele desfruta da amplitude visual ao recolher as três folhas de portas que recobrem o vão de 4 m. "Para o funcionamento, o trilho fica no teto, fixado diretamente na laje de concreto, e no piso temos apenas um pino guia", finaliza Júlia.

Casa.com
Compartilhar
Publicidade
Publicidade