1 evento ao vivo

No frio, peeling é feito no colo, nas costas e até no bumbum

13 jun 2014
08h00
  • separator
  • comentários

Muito comuns no rosto, os tradicionais peelings feitos com ácido retinoico, salicílico e glicólico também ajudam na redução de manchas e espinhas em outras regiões do corpo, principalmente durante as estações mais frias do ano que evitam o surgimento de manchas na pele desencadeadas pelo sol.

Ao contrário do que muitos pensam, o peeling também pode ser feito em outras áreas do corpo, principalmente durante as estações mais frias do ano que evitam o surgimento de manchas na pele desencadeadas pelo sol
Ao contrário do que muitos pensam, o peeling também pode ser feito em outras áreas do corpo, principalmente durante as estações mais frias do ano que evitam o surgimento de manchas na pele desencadeadas pelo sol
Foto: Shutterstock

Com grande atuação em áreas pouco usuais, como colo, costas e bumbum, os procedimentos realizados nessas regiões são mais superficiais devido às condições da pele, que apresenta uma maior dificuldade de regeneração e cicatrização, podendo sofrer com complicações, caso a técnica seja empregada de forma inadequada. Os resultados não são tão incríveis como os obtidos na versão habitual da técnica, mas prometem fazer uma boa diferença no espelho. 

“Os peelings atuam no tratamento de manchas, da acne e do envelhecimento cutâneo, podendo ser feitos seguramente em qualquer parte do corpo. O que varia são as técnicas e substâncias empregadas, que devem respeitar as características de cada local”, explica Elisabete Dobao, dermatologista, membro da Academia Europeia de Dermatologia (AEDV). Por isso, confira, a seguir, os tipos de peeling mais indicados de acordo cada região.

Bumbum
Os peelings de cristal ou diamante, assim como os de acido retinóico, glicólico e salicílico são os mais recomendados para o tratamento de foliculite do bumbum. Além de melhorarem o aspecto da pele, eles tratam os quadros mais agudos com a descamação da camada mais superficial do tecido cutâneo. O procedimento feito com ácido retinóico, por exemplo, também é um grande aliado para amenizar as estrias. Eficazes, todos eles oferecem resultados logo na primeira sessão, porém, a solução total do problema só é possível com a adesão a um tratamento mais longo. “Recomendamos, inicialmente, de três a cinco sessões para a melhora geral. Contudo, é preciso estabelecer uma manutenção permanente”, informa a especialista.

Colo
Já quem deseja tratar as manchas causadas pelo sol na região do colo, deve optar pelo peeling de ácido retinóico, glicólico ou salicílico. As concentrações utilizadas costumam ser mais baixas do que as usadas no rosto, já que a pele do corpo não se regenera com a mesma facilidade. A escolha da dose ideal depende, geralmente, do local e do problema a ser tratado, assim como da experiência do médico com uma ou outra substância. O procedimento pode ser feito em até seis sessões, com intervalos de 21 dias entre elas.

Costas
Para a região das costas, a recomendação é investir em dez sessões de peeling de cristal, realizadas com intervalos de 15 dias entre uma e outra. Elas são ideais para combater a acne dorsal e as manchas deixadas pelas lesões existentes no local. Ele pode ser feito em qualquer época do ano, mas oferece resultados mais seguros e satisfatórios na temporada outono/inverno.

Cuidados após o peeling
O uso de um bom filtro solar com fator de proteção 50 é obrigatório nas áreas que receberam o tratamento. “Caso haja a prática de esportes ao ar livre ou a exposição inevitável ao sol por algum motivo, é fundamental aplicar um protetor com FPS de 60 a 100, antes de sair de casa, e reaplicá-lo a cada três horas ou sempre que a pele ficar molhada ou bastante suada. Também é importante usar chapéu ou boné de abas largas que tenha proteção UV, além de evitar, se possível, a exposição no horário entre 11h e 14h”, recomenda a médica. 

Outro cuidado que vale a pena seguir é não utilizar esfoliantes para obter uma descamação mais rápida. Eles podem agredir muito a pele e prejudicar o efeito desejado. “Já a limpeza da cútis, deve ser feita de forma suave e delicada, com o auxílio de uma toalha macia”, completa.

Fonte: Agência Hélice

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade