Cabelo oleoso: mitos e verdades!

29 mai 2017
08h00
  • separator
  • comentários

Cerca de 42% das mulheres brasileiras sofrem com oleosidade excessiva no couro cabeludo. Há muita informação sobre como cuidar desse tipo de cabelo. Agora...o que é verdade e o que não passa de lenda? Fomos pesquisar para você!

Saiba o que é verdade e o que é mentira quando se trata do cuidado com os cabelos oleosos
Saiba o que é verdade e o que é mentira quando se trata do cuidado com os cabelos oleosos
Foto: Obencem - iStock

Cabelo oleoso precisa ser lavado mas de uma vez ao dia

MITO

A recomendação para este tipo de cabelo é lavar dia sim, dia não, e usar um shampoo que cuide do couro cabeludo. Ficar muito tempo sem higienizar os fios ou enxaguá-los mais de uma vez ao dia tem o mesmo efeito: aumento da produção de óleo.

Fios não precisam de condicionador

MITO

A questão não é usar ou não o produto, mas fazê-lo do jeito certo. O condicionador é feito para fechar as cutículas do cabelo que são abertas durante a limpeza com o shampoo, por isso, o tipo do cabelo não influi no resultado. O importante, nestes casos, é sempre remover todo o produto para que os resíduos não deixem o couro cabeludo gorduroso.

Passar constantemente a mão no cabelo não faz bem

VERDADE

Muitas mulheres têm o hábito de mexer no cabelo toda hora pioram a oleosidade do cabelo. As nossas mãos juntam sujeira e esse movimento passa os resíduos para o nosso cabelo e couro cabeludo.

Pentear ajuda a espalhar a oleosidade pelo comprimento do fio

MITO

O toque do pente no couro cabeludo estimula a região e acaba produzindo mais óleo. O ideal é que a escovação seja feita sempre uns dois dedos abaixo da raiz.

Mulheres com cabelo oleoso podem usar óleo capilar

VERDADE

Esses óleos são usados para dar maciez e brilho aos fios, por isso, podem ser usados mesmo se o seu cabelo for oleoso. No entanto, é necessário prestar atenção e aplicar o produto somente no comprimento e nas pontas. O que aumenta a oleosidade é o exagero. Lembre-se: equilíbrio é fundamental!

TC

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade