PUBLICIDADE

Represa em propriedade particular é esvaziada e toneladas de peixes são doadas no ES

Donos da propriedade explicaram que precisavam fazer uma manutenção na represa e resolveram doar o pescado aos moradores locais

8 fev 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Rede de pesca cheia de peixes em uma represa
Rede de pesca cheia de peixes em uma represa
Foto: Foto:istock

Para esvaziar uma represa no Espírito Santo, donos de uma propriedade precisaram retirar os peixes do local. Sem conseguir recuperar os animais, os proprietários decidiram, então, doar todo o pescado para moradores locais. 

Ao todo, foram três toneladas de peixes retiradas da represa e, posteriormente, doadas para moradores de uma comunidade na zona rural de Nova Venécia, no Noroeste do Estado, no último final de semana.

Os donos da propriedade, que trabalham com a produção de café e mamão, explicaram para a TV Gazeta, afiliada da Globo na região, que precisavam fazer uma manutenção na represa e resolveram doar os peixes. 

"Ano passado, precisamos abrir a represa e doamos mais de 2 mil peixes. Desta vez, teve mil a mais. Foi uma felicidade muito grande ver as pessoas saindo com os peixes nas mãos. A gente nunca vendeu peixe, é só para o consumo e diversão mesmo", relatou a agropecuarista Araceli Zanoti.

A represa, localizada na propriedade do casal, conta com cerca de 8 metros de profundidade e está passando por uma reforma para ampliar o reservatório de água. Nos últimos 15 dias, o local foi esvaziado para a retirada dos peixes, e a água que estava no local foi transferida para outra represa localizada a fim de evitar desperdício.

Segundo a reportagem, aproximadamente 500 moradores da região do Patrimônio do XV foram para a doação dos pescados. "Tinha até criança participando desta 'pescaria'. Meu filho e minha sobrinha se divertiram muito. Usamos as mãos mesmo. Não pensamos em vender, é uma alegria poder doar para a comunidade", completou Araceli.

Como comprar produtos de impacto positivo? Como comprar produtos de impacto positivo?

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade