PUBLICIDADE

Papagaio desaparece uma semana após parceira voltar para casa

Fêmea ficou desaparecida por cerca de um mês, foi encontrada por um casal de idosos no final de novembro e entregue a tutora

8 dez 2023 - 15h06
Compartilhar
Exibir comentários
Genaro e Lorica,  papagaios da espécie Amazona aestiva [papagaio-comum ou verdadeiro].
Genaro e Lorica, papagaios da espécie Amazona aestiva [papagaio-comum ou verdadeiro].
Foto: Foto: Divulgação Facebook Thainá Cristina Nogueira

Um papagaio pet chamado Genaro desapareceu durante uma sessão de treinamento de voo em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, uma semana após sua companheira, a 'papagaia' Lorica, voltar para casa. Em entrevista à EPTV, a bióloga e tutora das aves, Thainá Cristina Nogueira, explicou que o treinamento estava transcorrendo tranquilamente e tinha como objetivo permitir que as aves reconhecessem o território onde vivem.

"A gente estava treinando, foi um voo tranquilo para eles reconhecerem o território onde moram, e o Genaro saiu por cima da parreira de uva, ele ficou um bom tempo parado no fio. Quando a gente foi tentar pegar, ele ficou assustado e voou. O problema foi o susto que ele levou, porque talvez ele perca a referência de onde estava", contou Thainá na entrevista.

Segundo Thainá, Genaro chegou a sofrer com a ausência de Lorica e até mudou o comportamento, ficando mais abatido e cabisbaixo. Por serem monogâmicos, esse comportamento é comum na espécie após sentirem a falta dos parceiros.

A tutora acredita que Genaro esteja nas proximidades, pois a espécie não costuma voar para longe. Ela também menciona que os papagaios normalmente se limitam a um raio de até 2 km e, se ouvirem um chamado, podem voltar em resposta, pois precisam da referência do local.

Lorica e Genaro pertencem à espécie Amazona aestiva [papagaio-comum ou verdadeiro]. Assim como os seres humanos em relação aos primatas, a espécie se destaca entre as outras aves por sua inteligência, longevidade e capacidade de imitar sons e voz.

O casal de papagaios tem três anos de idade e faz parte da família desde filhote. Ambos são legalizados e a tutora possui documentação certificada pelo Ibama para sua criação.

Procura por Genaro 

Como estratégia para encontrar Genaro, Thainá está utilizando as redes sociais, cartazes nas ruas e caminhadas diárias. Caso alguém o encontre, pode entrar em contato pelos telefones (16) 99723-4883 ou (16) 99741-7751.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade