PUBLICIDADE

Rodrigo Santoro, Bárbara Paz e os brasileiros que brilham em Veneza

O galã é uma das estrelas do longa "7 Prisioneiros". Depois de vencer o Leão de melhor documentário, atriz lançará novo curta no festival

1 set 2021 15h33
ver comentários
Publicidade

O Brasil não integra a competição oficial, mas chega a Veneza com cinco produções fortes. Na seleção Orizzonti Short Films, Bárbara Paz, premiada em 2019 com o Leão de Melhor Documentário por Babenco: Alguem tem que Ouvir o Coração e Dizer Parou, volta com o curta Ato. Estrelado por Alessandra Maestrini e Eduardo Moreira, o filme narra a história de Ava, uma profissional do afeto que vive em um futuro cheio de solidão.

Antonio Sabóia em cena de "Deserto Particular", filme de Aly Muritiba que estreia no Festival de Veneza
Antonio Sabóia em cena de "Deserto Particular", filme de Aly Muritiba que estreia no Festival de Veneza
Foto: Divulgação

Na novíssima mostra Orizzonti Extra, que destaca novos nomes do cinema e seus estilos únicos, Alexandre Moratto chega com 7 Prisioneiros. O longa traz Rodrigo Santoro e Christian Malheiros numa trama que retrata um Brasil contemporâneo em que o trabalho escravo ainda é uma questão a ser combatida. 

Já na seção Giornate degli Autori (Ou Venice Days), Deserto Particular, de Aly Muritiba, conta a história de um policial (vivido por Antonio Saboia) que, depois de cometer um grave erro no trabalho, parte em uma viagem em busca da mulher que ama e com quem se relaciona virtualmente. 

Na conceituada Semana da Crítica, A Salamandra, uma coprodução do Canal Brasil, marca a estreia do diretor pernambucano radicado em Londres Alex Carvalho na direção de longas. Estrelado pela francesa Mariana Föis e por Maicon Rodrigues, o filme é uma adaptação do  romance do escritor francês Jean-Christophe Rufin e conta uma história de amor tão improvável quanto intensa passada no Recife.

Para terminar, depois de ter sido premiado na sessão VR de Veneza, uma das mais prestigiadas mostras de realidade virtual do mundo, em 2019 com A Linha (de Ricardo Laganaro), o Brasil volta com Lavrynthos, de Fabio Rychter e Amir Admoni, que tem voz original de Alice Braga.  Depois de passar pelo projeto Biennale College Cinema – Virtual Reality, o filme vai ser exibido no programa Venice VR Expanded.

Plano Geral
Publicidade
Publicidade