PUBLICIDADE

Análise do GP: Verstappen ou Hamilton, quem teve culpa?

Max Verstappen e Lewis Hamilton deram mais uma demonstração, no GP da Itália, de que a disputa pelo título pode ter graves consequências

12 set 2021 - 17h19
Ver comentários
Publicidade
Acidente de Verstappen e Hamilton em Monza.
Acidente de Verstappen e Hamilton em Monza.
Foto: F1 / Twitter

Max Verstappen e Lewis Hamilton passaram do limite do bom senso em Monza. Esta é a opinião unânime dos jornalistas Lito Cavalcanti, Priscila Cestari e Sergio Quintanilha no vídeo de Análise do GP da Itália. Eles concordam que foi um típico “acidente de corrida”, porém poderia facilmente ter sido evitado. Para os comentaristas, a punição a Verstappen foi um aviso. Na próxima corrida, o líder do campeonato perderá três posições no grid.

Para Lito Cavalcanti, a F1 está tendo um campeonato de sonhos, com corridas emocionantes e disputas como há muito não se via. Porém, ele considera que os pilotos estão confiando demais na segurança. “Por enquanto, a segurança dos carros têm sido suficiente para evitar uma tragédia, mas em algum momento pode não ser”, disse Lito.

Análise GP da Itália com Lito, Priscila e Quintanilha:

Quintanilha observa que a F1 agiu bem ao punir Verstappen porque o esporte também deve ter um caráter educativo para os fãs, especialmente os jovens. “Mesmo que os comissários não digam diretamente ao Max que ele está sendo punido pelo conjunto da obra, alguém vai falar isso para ele”, observou Quinta. Priscila comparou a situação como a de um jogo de futebol, quando o juiz deve advertir o excesso com um cartão.

Priscila Cestari destacou a importância da vitória de Daniel Ricciardo para a equipe McLaren. “Mas o Lando Norris também vai querer a dele, chegou até a dizer para a equipe que estava mais rápido”, comentou Priscila. Quintanilha acrescentou: “Que piloto atrevido é o Lando”, sobre esse pedido e também pela arrojada ultrapassagem em cima de Charles Leclerc, da Ferrari. 

Lito comentou que as características do circuito de Monza favoreceram tanto a McLaren quanto o estilo de pilotagem de Ricciardo. Para homenagear Ricciardo por sua vitória em Monza, Quintanilha colocou um boné com o número 3. “Não acredito que ele vai ser campeão da Fórmula 1, mas ele mereceu esta vitória”, disse Quinta.

Acidente de Verstappen e Hamilton em Monza.
Acidente de Verstappen e Hamilton em Monza.
Foto: F1 / Twitter

Na briga entre os dois segundos pilotos da Mercedes e da Reb Bull (Valtteri Bottas e Sergio Pérez), quem levou a melhor foi o finlandês, na opinião de Priscila Cestari. “Desta vez Bottas foi muito importante para a Mercedes na luta do mundial de construtores”, disse Priscila. Quintanilha concorda com ela. Lito Cavalcanti, entretanto, observou que na disputa direta Sergio Pérez se saiu bem.

Veja o vídeo completo com a Análise do GP da Itália. Os comentaristas do canal Parabólica analisam todas as corridas aos domingos, depois de cada Grande Prêmio da Fórmula 1. Ao longo da semana, a equipe do Parabólica atualiza o canal com as principais novidades da F1 e também com análises críticas.

Parabólica
Publicidade
Publicidade