PUBLICIDADE

Coletivo realiza oficina sobre narrativas 'cybercriativas' de mulheres afro-indígenas

Inscrições estão abertas até o dia 20 de janeiro; participantes negras, indígenas e quilombolas vão receber uma ajuda de custo de R$ 120

14 jan 2022 16h44
ver comentários
Publicidade
Três mulheres negras conversam entre si. Elas usam o cabelo trançado e seguram fichas
Três mulheres negras conversam entre si. Elas usam o cabelo trançado e seguram fichas
Foto: PICHA Stock/Pexels / Alma Preta

O Coletivo Ventre Livre abriu as inscrições para as oficinas 'Malungas', que vão abordar escritas e experiências de mulheres afro-indígenas de diferentes territórios a partir das narrativas cybercriativas. As inscrições ficam abertas até o dia 20 de janeiro e podem ser feitas através de formulário online.

As aulas do coletivo serão realizadas de forma virtual, pela plataforma Zoom, e terão início no dia 22 de janeiro, com previsão de término no dia 25 de fevereiro.

Segundo o coletivo, a proposta das oficinas é "ciberaquilombar" as histórias de mulheres da diáspora, ação já iniciada no projeto 'Cartografia em Bits' por meio da atuação do Coletivo Ventre Livre.

"A proposta é criar um tecido virtual de histórias e memórias traduzidas com as contribuições dos escritos poéticos da Eliane Potiguara e da Cristiane Sobral. Iremos escrever e traçar narrativas cyberfeministas para pensarmos as novas maneiras de ocupar e conceber a arte no contemporâneo. Para isto, contaremos com oito mulheres afro-indígenas selecionadas através desta chamada", define o coletivo.

Podem se inscrever mulheres com idade igual ou superior a 18 anos. As participantes negras, quilombolas e indígenas receberão uma ajuda de custo de R$ 120, paga em parcela única.

A produção executiva das oficinas é de Alan Luís de J. Oliveira e Silvânia Cerqueira. Além das oficinas, o coletivo também realizará uma programação de lives e performances.

Serviço

Oficinas Malungas

Quando: Dias 22/01, 29/01/ 05/02, 11/02, 12/02 e 25/02, das 14h às 17h

Inscrições: Até 20/01/2022 - Vagas Limitadas

Inscrições: Formulário on-line

Instagram: @coletivoventrelivre

Coletivo Bitonga Travel quer democratizar viagens internacionais para mulheres negras

Alma Preta
Publicidade
Publicidade