PUBLICIDADE

Veja algumas novas palavras que se tornaram oficiais na Língua Portuguesa

Além de reconhecidos, os novos termos passam a ter uma grafia oficial definida

21 dez 2023 - 14h02
Compartilhar
Exibir comentários

A Academia Brasileira de Letras (ABL), que incluiu mais de uma centena de palavras ao dicionário oficial nos últimos tempos, atualizou novamente o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) com termos que estão em uso, mas não eram até os dias de hoje considerados oficiais, como é o caso de "deletar".

Além de reconhecidas, as novas palavras passam a ter uma grafia oficial definida
Além de reconhecidas, as novas palavras passam a ter uma grafia oficial definida
Foto: Pixabay / Perfil Brasil

O termo "deletar um arquivo de computador" não é mais um jargão de quem lida com informática. Agora, ele passa a ser aceito como uma palavra da língua portuguesa escrita no Brasil.  "Deletar" faz parte de um conjunto de cerca de 6 mil novas palavras incluídas na recente edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa.

Coworking foi outra palavra adicionada ao vocabulário e descreve a modalidade de trabalho estabelecida em um ambiente compartilhado por empresas, geralmente startups de tecnologia. É uma junção de "co", de colaboração, e "working", que significa trabalhar. Ou seja, é o modelo ou espaço físico compartilhado por empresas.

Além de reconhecidas, as novas palavras passam a ter uma grafia oficial definida. Agora é possível "deletar um arquivo" e "assistir a uma teleconferência". Também foram incluídos termos como "Internet", "scanear" e "mouse", entre outros da informática.

Eles se somam às 400 mil palavras catalogadas na primeira edição do vocabulário, de 1982. Diferentemente de um dicionário, que se preocupa em explicar o significado de uma palavra, um vocabulário apenas lista as palavras. Seu objetivo é consolidar a grafia delas (o modo como são escritas), classificá-las segundo o gênero (masculino ou feminino) e categoria morfológica (substantivo, adjetivo etc.). É também um instrumento normatizador oficial, por ter sido feito pela Academia.

Confira algumas outras palavras que constam no Volp

Bibliosmia: atração pelo cheiro que o interior dos livros exala, especialmente os antigos. A palavra também pode significar apenas o ato de cheirar livros.

Azeitólogo: pessoa especializada em azeites e na sua criação, com conhecimento científico e técnico do processo de criação das azeitonas até a produção do azeite. O especialista também tem conhecimento da conservação e dos sabores do produto.

Etarismo: preconceito contra pessoas exclusivamente baseado em suas idades, especialmente praticado por pessoas mais novas em relação a idosos. Também chamado de idadismo, essa discriminação pode ser verbal e física.

Feminicídio: crime de homicídio praticado contra mulher decorrente de violência doméstica, familiar, por motivo de menosprezo ou discriminação de gênero. A violência se caracteriza como feminicídio quando sua motivação seja a discriminação contra mulheres.

Gordofobia: repúdio ou preconceito a pessoas gordas, que se manifesta em atitudes, falas e representações negativas. A palavra é utilizada na mídia há alguns anos, porém integrou formalmente a língua portuguesa somente em 2020.

Logar: ato de se conectar a um site, sistema, programa de computador ou rede eletrônica. A palavra tem origem do inglês, de fazer login, que significa se conectar. O processo inclui informar o nome de usuário e a senha pessoal na máquina para ser concedido acesso.

Nomofobia: se refere ao medo patológico ou transtorno psicológico ocasionado por ficar sem celular, ou dispositivos de tecnologia similares. A condição se manifesta na dificuldade de ficar distante ou desconectado dos aparelhos ao longo do dia.

Poke: o prato de origem havaiana fez tanto sucesso no Brasil que ganhou um lugar no dicionário de português. A palavra, que significa "cortar" em um dos dialetos do Havaí, é usada por aqui para se referir à combinação de arroz japonês, peixe cru cortado em cubos, óleo de gergelim, cebolinha, cebola, frutas e outros ingredientes.

Streaming: usada para designar a transmissão de filmes, séries, podcasts, músicas e jogos de um servidor principal para um dispositivo. A palavra passou a ser mais utilizada durante a pandemia e se tornou parte do vocabulário oficial brasileiro recentemente.

 * Sob supervisão de Lilian Coelho 

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade