PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Veja a lista atualizada dos bairros com maior incidência de dengue em Porto Alegre

A capital tem 1.810 casos confirmados de dengue, conforme dados divulgados no boletim epidemiológico pela Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

15 abr 2024 - 19h48
Compartilhar
Exibir comentários

Até o dia 13 de abril de 2024, Porto Alegre registrou 1.810 casos confirmados de dengue, conforme dados divulgados no boletim epidemiológico pela Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Desse total, 1.667 foram adquiridos na própria cidade (autóctones), 122 foram importados (infecção contraída fora da cidade) e 81 têm origem de infecção indeterminada. O número de ocorrências suspeitas notificadas chegou a 17.758 neste ano. No mesmo período do ano anterior, em 2023, foram notificadas 2.878 ocorrências, com 1.495 casos confirmados.

Foto: Cristine Rochol/PMPA / Porto Alegre 24 horas

Os dados revelam que a faixa etária de 21 a 30 anos continua apresentando a maior proporção de casos confirmados, totalizando 321 casos (17,2%). Além disso, a maioria dos pacientes afetados é do sexo feminino, com 1.010 casos (54%). Os principais sintomas relatados incluem febre (1.678 pacientes, ou 93,8% dos casos), seguidos por mialgia, cefaleia e náuseas. Um óbito foi confirmado na cidade em decorrência da dengue.

Os casos estão distribuídos em praticamente todos os bairros da cidade. Veja abaixo a lista dos que apresentam maior incidência:

  • São João
  • Higienópolis
  • Pedra Redonda
  • Jardim do Salso
  • São Geraldo

A incidência é calculada como o número de casos por 100 mil habitantes, o que significa que mesmo bairros com população menor podem ser considerados de alta incidência se apresentarem um número significativo de casos.

O boletim epidemiológico, uma publicação prevista no Plano de Contingência da Dengue, Zika e Chikungunya da SMS, agora é emitido semanalmente desde a semana epidemiológica 14, devido à ativação do Nível 3 de Resposta do Plano, indicando alta infestação do mosquito Aedes aegypti, casos acima do esperado e ocorrência de óbito por dengue.

Em relação à infestação do mosquito, o levantamento da semana 15 registrou índices críticos, com alta ou muito alta infestação em 46 bairros monitorados com armadilhas. Mais informações sobre a dengue e a infestação do mosquito Aedes aegypti em Porto Alegre estão disponíveis no site www.ondeestaoaedes.com.br.

*Com a informação PMPA

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade