1 evento ao vivo

Startup apresenta picape elétrica em antiga fábrica da GM em Ohio

25 jun 2020
13h54
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Lordstown Motors apresentará sua picape elétrica nesta quinta-feira, com a startup tentando começar a produzir veículos em uma antiga fábrica da General Motors em Ohio.

Vista da entrada do complexo automotivo Lordstown, em Ohio. 26/11/2018. REUTERS/Alan Freed
Vista da entrada do complexo automotivo Lordstown, em Ohio. 26/11/2018. REUTERS/Alan Freed
Foto: Reuters

A empresa, que espera começar a entregar a picape elétrica aos clientes até janeiro de 2021 e ainda está trabalhando para conseguir capital adicional, enfrentará uma concorrência significativa de outras montadoras.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e o secretário de Energia, Dan Brouillette, participarão do evento apresentando o veículo, ainda em pré-produção, nesta quinta-feira em Ohio.

"Ohio sempre foi um Estado automotivo, de autopeças ... e realmente esse é o futuro", disse o governador de Ohio, Mike DeWine, sobre a picape elétrica "Endurance".

O destino da ampla fábrica da GM se tornou um catalisador político após a maior montadora dos EUA anunciar planos de fechamento em novembro de 2018, recebendo críticas do presidente dos EUA, Donald Trump, e de muitos parlamentares.

Em 2016, a fábrica da GM empregava 4.500 trabalhadores e seu fechamento, em março de 2019, foi devastador para a área.

A Lordstown, com 10% pertencentes ao Workhorse, comprou a antiga planta e os equipamentos da GM por 20 milhões de dólares, como parte do ambicioso plano de começar a entregar picapes elétricas até dezembro, meta depois adiada para janeiro.

Atualmente, a startup tem 70 funcionários e cerca de 100 terceirizados. Outras empresas também estão se preparando para entrar no setor de picapes elétricas.

A GM planeja produzir sua primeira picape elétrica em 2021. A Tesla deve começar a montar seu Cybertruck elétrico em 2021, enquanto a Nikola tem planos para iniciar a produção de uma picape elétrica até 2022.

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS AAP

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade