Existe amor no Tinder? Solteiros contam planos para a noite

Há gente “na ativa” por aí, aproveitando a tecnologia para achar uma possível companhia para esta sexta-feira 12

12 jun 2015
09h51
atualizado às 10h14
  • separator
  • comentários

É, ele sempre chega... O Dia dos Namorados está aí e, com ele, vêm os memes, piadinhas, lamentações e “mimimis” clássicos dos solteiros pela internet. A célebre imagem de Bridget Jones solitária de pijamas cantando “All by myself”, por exemplo, já deve ter surgido em sua timeline do Facebook (ou, calma, ainda aparecerá...). Outra que está rodando por aí, é o Tumblr da personagem do seriado “How I Met Your Mother”, Robin Scherbatsky, bebendo e chorando horrores embaixo da mesa.

Cena clássica do filme "O Diário de Bridget Jones" e meme queridinho dos solteiros na internet
Cena clássica do filme "O Diário de Bridget Jones" e meme queridinho dos solteiros na internet
Foto: Twitter
Dia 12 está chegando e com ele... o "chororô" na internet
Dia 12 está chegando e com ele... o "chororô" na internet
Foto: Facebook / Reprodução

Siga o Terra Notícias no Twitter

E não bastassem as imagens engraçadas sobre estar solteiro no dia mais romântico do ano, na terça-feira (10) a hashtag mais divulgada no Twitter era sobre... Pois é, o tal Dia dos Namorados, que virou motivo de desabafo entre os usuários com a Trend Topic #Dia12ChegandoEEu:

Porém, nem só de 'mimimi' e piadinhas (além das centenas de declarações românticas na timeline alheia, CLARO) se faz o dia 12 de junho. Há gente “na ativa” por aí, aproveitando a tecnologia para achar uma possível companhia para a noite. Em aplicativos de encontro, por exemplo, a coisa promete ser boa, e alguns usuários dizem planejar encontros, como a administradora de empresas M.F., 27 anos, que disse estar “avaliando” os amigos mais próximos no aplicativo para, quem sabe, curtir o dia na cidade de Ribeirão Preto (SP). “Não acho que a data vá influenciar em nada de ruim. Aliás, pode ser até um argumento para a paquera (risos). Mesmo porque a mulherada vai estar mais carente e, provavelmente, mais propícia a arrumar um encontro”, afirma.

Ela (que não quis ser identificada) diz que usa o Tinder há pouco mais de cinco meses, tendo aderido logo depois de terminar um namoro de um ano. “Tinha um monte de preconceitos, escutava um monte de histórias, tanto para o lado positivo, quanto para o lado negativo. Estava receosa em criar o perfil. Hoje amo! Sabendo usar com cuidado, parcimônia, ele é uma ótima oportunidade de conhecer pessoas”, diz.

Foto: Wikipédia

Outra adepta do aplicativo é a radialista paulistana Rebecca Araújo, 23 anos, que brinca ser uma “Queen Tinder”. Usando há mais de um ano, ela conta que já saiu com diferentes garotos e, inclusive, chegou a namorar um rapaz que conheceu por lá – por pouco tempo, porém intensamente. Rebecca afirma com categoria que vai estar ativa no aplicativo neste 12 de junho. “Porque não aproveitar para ‘desencalhar’ com os aplicativos? Aliás, vou unir o útil ao agradável e comemorar meu aniversário de 24 anos, que é no dia 12 também, e arranjar um novo amor no Tinder”, afirma.

E se engana quem pensa que são apenas as mulheres solteiras que aguardam uma noite dos namorados a dois. Os homens também se preparam para usar tecnologias para conseguir companhia até lá (e, até mesmo, se confessam ‘mais carentes’ na data). O jornalista mineiro Wagner Alves, 27 anos, usa o aplicativo há pouco mais de um mês e considera que “qualquer dia é dia para usar o Tinder”, apesar de ainda não ter marcado por meio da ferramenta. Ele concorda que esta sexta-feira pode ser ainda mais conveniente e, por isso, se considera aberto para possíveis encontros. “Sinto que as pessoas se sentem mais necessitadas de companhias no Dia dos Namorados. Confesso que me enquadro neste grupo”, diz.

Outro ‘solteirão’ que estará presente no Tinder nesta sexta-feira é o cobrador de ônibus e futuro estudante de enfermagem, Andrez Romero, 24 anos. Assim como o mineiro Wagner, o paulistano também considera a data uma boa oportunidade para encontrar uma pessoa interessante. Para ele, a sexta-feira, porém, será como outras do ano e espera conhecer alguém interessante. “Não acho que só porque sairemos nesse dia, poderemos ser considerados namorados, então vou usar o aplicativo”, afirma.

Após término de noivado de 8 anos, moça se casa em 3 meses

Ao contrário de M.F, Rebecca, Wagner e Andrez, o analista de marketing F.S, 27 anos, está com ‘um pé atrás’ e, por isso, prefere não sair com ninguém no dia 12 – apesar de afirmar que entra em quatro diferentes aplicativos todos os dias. “Uso o Tinder, Adote um cara, Kickoff e Happn. Dou uma conferida todos os dias, mas não sou sacana, eu gosto de conversar, conhecer a pessoa. Por isso, prefiro não misturar as coisas nesse dia e sair com amigos”, explica.

Encontrando ou não uma pessoa nos aplicativos de encontro nesta sexta-feira, o negócio é acreditar. Pelo menos a “Queen Tinder” Rebecca garante que é possível, sim, achar alguém interessante - e interessado. “Eu já usei uma época só para ‘pegação’, mas aí arrumei um namorado e vi que ‘olha, tem gente que realmente quer algo sério!”. Então, acho que existe amor no Tinder. Em qualquer lugar”, declara.

Campanha para o Dia dos Namorados gera reação homofóbica
Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade