PUBLICIDADE

Serviços de combate a vazamentos cresce em todo país e movimenta o mercado

O setor de caça-vazamento de água cresce no Brasil e evidencia um mercado a ser explorado no país.

17 jun 2021 16h34
ver comentários
Publicidade

Os vazamentos de água necessitam de solução rápida e o serviço de caça-vazamento oferece manutenção imediata e preventiva, evitando desperdícios. Segundo o SNIS - Sistema Nacional de Indicadores sobre Saneamento, o Brasil perde uma média de 38,45% de toda água que produz. Um dos grandes motivos dessa perda hídrica, além do desperdício, são os vazamentos. O mercado do serviço de combate ao vazamento de água é um dos que mais crescem no país e para ser destaque no setor é necessário conhecimento e investimento, além de força de muito trabalho em prol da satisfação do cliente.

Foto: Rei Caça Vazamentos / DINO

Segundo Alfredo Castro, CEO do portal Rei caça-vazamentos, site que intermedia profissionais e clientes, "é possível ter ganhos exponenciais com a prestação de serviços de caça-vazamento, com foco no atendimento, qualidade na execução e preço justo, mas o profissional precisa estar preparado para os imprevistos e disposto a crescer na profissão através de estudo e novos desafios para seguir com um negócio de sucesso". 

O impacto do desperdício e dos vazamentos de água no Brasil

Com uma das maiores bacias hidrográficas, tendo uma das maiores concentrações de água doce do mundo, segundo o Instituto Trata Brasil, especializado na promoção e estudos do saneamento básico no país, constatou-se em um estudo atualizado em 2020 que 83,7% dos brasileiros possuem água tratada e nos últimos anos houve investimentos de R$ 11 bilhões em saneamento básico. Ainda assim, o Brasil é um dos países com maiores registros de desperdício do mundo. Além da média de perda hídrica citada, o país ainda possui instalações de tratamento e cuidado da água ineficazes, um poder público que investe cada vez menos em infraestrutura de saneamento e baixa conscientização da população quanto ao meio ambiente, convivendo com vazamentos que podem ser consertados facilmente e sem gastar muito. 

Mercado do caça vazamentos 

Segundo a Abralimp (Associação Brasileira do Mercado da Limpeza Profissional), o mercado em que o caça vazamentos está inserido, tem crescimento anual entre 1 e 6%, com faturamento obtido de 6,2% em 2017 e são mais de 760 mil trabalhadores no setor, com movimentação média de R$ 18 bilhões por ano.

O mercado mesmo diante de uma pandemia, continua atuante com resultados positivos e obtendo crescimento. Alfredo Castro afirma que "novos dados da Abralimp mostram um aumento na demanda de serviços de 58% no primeiro trimestre de 2021, comparado ao mesmo período do ano anterior. Acredito que com pessoas por mais tempo em casa, os serviços de manutenção hidráulica se tornaram mais necessários, impulsionando o mercado que tem tido um faturamento considerável no período". 

Como ingressar no ramo de caça vazamentos

Vazamentos de água são transtornos comuns que podem acontecer em qualquer imóvel e local com tubulações e passível de infiltrações. O caça-vazamentos é um profissional especializado na detecção e conserto de vazamentos, utilizando aparelhos tecnológicos que atuam apenas no local do problema, sem a necessidade de quebra-quebra. O caça-vazamentos pode trabalhar como autônomo ou em uma empresa. Para isso, o profissional deve investir em seus estudos como cursos relacionados à manutenção hidráulica como Encanador e Bombeiro Hidráulico, Instalador Hidráulico ou Curso de Encanador Predial e Industrial.

Para Alfredo Castro, da Rei Caça Vazamentos, empresa com 15 anos de experiência e mais de 3.000 atendimentos, "o setor está cada vez mais aquecido e é fundamental que o profissional invista em seu conhecimento e atualização teórica e prática, atuando com integridade e esforço para obter ganhos cada vez mais altos e reconhecimento no mercado. Segundo ele, "um encanador experiente tem ganhos reais e em constante crescimento, com média de 2 atendimentos por dia e duração média de 2 horas para localizar o vazamento e consertá-lo". 

Alfredo Castro ainda ressalta que existem outras preocupações do profissional que o tornam relevante e uma referência no mercado de sua região. "O profissional deve investir nos equipamentos que serão utilizados, pois quanto mais qualidade e tecnologia, melhor e mais rápido será o serviço. Outro caso é o atendimento imediato que deve ter atendimento 24 horas, pois, vazamentos não tem hora para acontecer. Outro ponto é o preço, já que os clientes precisam da solução para o problema com vazamentos de água, com preço baixo e formas de pagamentos acessíveis, pois isto, segundo Alfredo, faz toda a diferença, principalmente na necessidade de um serviço de manutenção posterior, garantindo a satisfação do cliente e o retorno em novos serviços". 

Alfredo também reforça que nada disso pode fazer a diferença para o cliente se o caça-vazamentos não for eficiente e ágil em seu trabalho. "A demonstração do domínio do problema e todas as informações ao cliente do ocorrido nas tubulações dá a ele mais segurança de ter contratado um profissional capacitado. Além disso, um serviço bem-feito e rápido, também deve refletir garantia a longo prazo ao cliente. A partir destas observações, o especialista hidráulico trabalhará com mais confiança, prestando serviços com mais profissionalismo e precisão, com a certeza de novos serviços a partir dos cases de sucesso e o crescimento do negócio. É de suma importância que o profissional em caça-vazamentos participe de um portal parceiro de seu trabalho e lhe ofereça a visibilidade necessária e que facilite seu encontro com clientes em sua região e ele possa oferecer aos clientes a qualidade e a solução rápida de problemas hidráulicos".



Website:

https://reicacavazamentos.com.br/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade