PUBLICIDADE

Saguis-de-tufo-branco são resgatados após sofrerem maus-tratos em Porto Alegre

A dona da residência, que já havia sido flagrada com saguis da mesma espécie no passado, será investigada por posse ilegal e maus-tratos.

12 abr 2024 - 08h12
Compartilhar
Exibir comentários

Na última quinta-feira (11), uma operação da Delegacia do Meio Ambiente (Dema) pôs fim ao sofrimento de um casal de saguis-de-tufo-branco que vivia em cativeiro em Porto Alegre. Os animais, vítimas de maus-tratos e posse ilegal, foram resgatados de uma residência no bairro Humaitá, na zona norte da cidade, e encaminhados para um criadouro especializado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Foto: Delegacia do Meio Ambiente / Reprodução / Porto Alegre 24 horas

A ação, liderada pela delegada Samieh Saleh, titular da Dema, revelou que os primatas, além de sofrerem com a falta de cuidados adequados, como limpeza da gaiola, também se encontravam em situação ilegal. A dona da residência, que já havia sido flagrada com saguis da mesma espécie no passado, será investigada por posse ilegal e maus-tratos.

Segundo a delegada, os saguis-de-tufo-branco, embora nativos do Brasil, não são comuns no Sul do país. Sua presença na região pode representar um risco ao ecossistema local, já que a espécie é considerada invasora em alguns estados.

A operação da Dema serve como um lembrete de que o tráfico de animais silvestres, a caça ilegal e os maus-tratos não serão tolerados. A delegacia reforça a importância da denúncia anônima de tais crimes pelos telefones (51) 98444-0606 e 0800-5102828.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade