PUBLICIDADE

Mais temporais no estado de São Paulo nesta quarta-feira

Temporal da noite de terça-feira fez rio transbordar e causou alagamentos em São Paulo. Região de Campinas teve os maiores volumes de chuva.

28 nov 2023 - 23h34
Compartilhar
Exibir comentários

Grandes áreas de nuvens carregadas que avançaram do interior de São Paulo chegaram à região da Grande São Paulo na noite desta terça-feira, 28 de novembro, provocando chuva forte na capital e em outros municípios da região metropolitana.

Na animação das imagens de satélite,  as manchas vermelhas representam as nuvens mais carregadas,  com potencial para temporais.

Foto: Climatempo

Manchas vermelhas representam as nuvens com maior potencial para chuva forte

(Imagens GOES 16/ colorização Climatempo)

O temporal que caiu entre 20h e 21hs sobre a cidade de São Paulo causou 10 pontos de alagamento, segundo a contabilidade do CGE -Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da prefeitura paulistana. Pouco antes das 22 horas, muitos trovões ainda eram ouvidos na região da cidade de São Paulo e 7 alagamentos ainda estavam ativos.  

O córrego Mooca, na região da Vila Prudente, transbordou às 21h10, segundo informações do CGE. 

 

Foto: Climatempo

Temporal em São José dos Campos (Foto: Eliana Gatti)

Mais temporais nesta quarta-feira

Uma área de baixa pressão atmosférica se organiza sobre o mar,  perto do litoral de São Paulo. Essa queda da pressão do ar vai  ajudar a concentrar a umidade sobre São Paulo,  o que vai estimular a formação de mais nuvens carregadas por todo o estado. 

A Climatempo alerta para o risco de temporais ao longo desta quarta-feira, 29 de novembro,  em todas as regiões do estado.

As áreas de instabilidade persistem nesta quarta-feira deixando todo o estado com muita nebulosidade e chuva frequente, durante várias horas. A chuva já acontece na madrugada, mas também está prevista para ocorrer pela manhã, à tarde e até mesmo na noite da quarta-feira.

Por causa do excesso de nebulosidade e da chuva, a temperatura nesta quarta-feira não vai subir tanto quanto na terça-feira. Na cidade de São Paulo a temperatura máxima prevista é de 26°C, sendo que na terça-feira, a máxima foi de 29,7°C, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia .

Muita chuva no interior de SP

Áreas de instabilidade que se espalharam sobre o estado de São Paulo na tarde e noite do dia 28 de novembro provocaram chuva volumosa e forte também em áreas do interior paulista 

Nas imagens abaixo,  as manchas coloridas representam áreas de chuva observadas pelo radar meteorológico de Bauru e de Presidente Prudente, operados pela Unesp. Os tons em alaranjado e vermelho indicam chuva de forte intensidade. As imagens mostram o avanço das áreas de chuva do interior para Grande São Paulo entre 19h07 e 20h52

Foto: Climatempo

Áreas de chuva sobre SP detectadas por radar meteorológico às 19h07 de 28/11/23 (Fonte: IPmet/Unesp)

Foto: Climatempo

Áreas de chuva sobre SP detectadas por radar meteorológico às 20h52 de 28/11/23 (Fonte: IPmet/Unesp)

Quanto choveu  em São Paulo?

A chuva mais intensa ocorreu entre 20h e 21h e diversos locais da capital acumularam de 20 a 32 mm em apenas uma hora.

Mas os volumes de chuva continuaram a aumentar com a chuva persistente e moderada que ainda era observada de forma generalizada sobre a região da grande São Paulo por volta das 22h30. 

Chuva na cidade de São Paulo entre aproximadamente 19h20 e 22h20 de 28/11/23, pela medição do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais

Jardim Sapobemba: 36,1 mm

Avenida Oratório: 36,1 mm

Mooca: 36,0 mm

Chuva na cidade de São Paulo entre 20h e 22h de 28/11/23, pela medição do CGE

Mooca: 29,0mm

Aricanduva/Vila Formosa: 27,8mm

Santana/Tucuruvi: 27,6 mm

Parelheiros/Barragem: 25,5 mm

Vila Maria: 25,4 mm

São Mateus: 25,0 mm

Volumes de chuva no interior de SP

A região de Campinas e o  norte da Grande São Paulo foram as regiões que registraram os maiores acumulados de chuva na noite do dia 28/11/23, até por volta das 22h30.

Total de chuva acumulado entre aproximadamente 19h30 e 22h30 de 28/11/23, pela medição do Cemaden

Sumaré/Rio Quilombo: 73,6 mm

Hortolândia/Jd. Santa Esmeralda: 64,8 mm

Monte Mor/Jd. Paviotti: 62,6 mm

Franco da Rocha/Lago Azul: 54,2 mm

Campinas/Jd. das Bandeiras: 50,8 mm

Ipeúna/Centro: 46,0 mm

Itupeva/parque dos Cafezais: 45,6 mm

Iperó/Centro: 43,0 mm

Natividade da Serra/Polícia Militar: 40,4 mm

Rajadas de vento

As nuvens cumulonimbus que passaram sobre São Paulo provocaram a chuva forte, raios e também rajadas de vento moderadas a fortes na capital e pelo interior, na tarde e noite de 28/11/23.

Na região de Interlagos,  o Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma rajada com 60 km/h entre 20h e 21h. O aeroporto de Congonhas registrou uma rajada com 46 km/h, às 21 horas.  Na região do Mirante de Santana,  na zona norte da capital,  a rajada foi de 40 km/h.

Segundo o CGE,  a estação meteorológica na Lapa teve rajada de vento de quase 64 km/h, às 20h50

No interior paulista, o Inmet registrou 70 km/h em Ourinhos, entre 16h e 17h, 67 km/h em Barretos entre 15h e 16h, 65 km/h em Pradópolis entre 17h e 18h.

Climatempo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade