PUBLICIDADE

Porto Alegre 24 Horas desvenda o mistério das placas "Gaita: conserto" espalhadas pela cidade

Uma das lendas urbanas mais conhecidas da Capital

8 fev 2024 - 01h10
(atualizado às 01h16)
Compartilhar
Exibir comentários

Se você é porto-alegrense ou já passou algum tempo nesta cidade, certamente se deparou com as enigmáticas placas "Conserta-se Gaitas" espalhadas pelos postes. Estas placas, que alimentaram teorias mirabolantes, agora têm seu mistério revelado pelo nosso portal.

Foto: Reprodução | Redes sociais / Porto Alegre 24 horas

Rumores sobre clínicas de aborto, tráfico de órgãos, escravidão loira à moda de Ana e Gisele, até mesmo pontos de drogas circulavam por uma comunidade da antiga rede social Orkut, com mais de 10.000 membros.

A lenda urbana foi desmistificada pelos estudantes de jornalismo da Unisinos em uma reportagem para a revista do curso. A influente blogueira e jornalista Cláudia Aragón trouxe à tona a verdade sobre a família que realmente conserta gaitas, mostrando a foto no Salada Pronta.

Na realidade, a placa "Conserta-se Gaitas" refere-se à atividade de reparo desses instrumentos para apresentações musicais. Uma curiosa reviravolta na trama, onde Faísca e Espoleta são imaginados levando suas gaitas para serem consertadas, adiciona um toque de humor à história.

Lembrando o velho ditado de que tudo na vida tem conserto, exceto a morte, a história nos faz refletir sobre a importância de desvendar mal-entendidos. Afinal, quem poderia imaginar que a placa escondia um serviço tão simples e vital para a cultura local?

A cidade de Porto Alegre, onde a gaita é parte integrante da tradição musical, apresenta um mercado interessante e autossustentável para o conserto desse instrumento. No entanto, a teoria conspiratória de que essa oficina era uma fachada para uma clínica de aborto sempre pairou sobre o respeitado artesão consertador de gaitas.

Após inúmeras confirmações da versão conspiratória por pessoas que vivenciaram a experiência na Rua Tapuias 135, fica evidente que a oficina não se limita ao conserto de gaitas. O artesão, longe de ser apenas um consertador de instrumentos, revela-se um solucionador de situações delicadas causadas por irresponsáveis e jovens em apuros.

Relatos de fontes confiáveis indicam que ao ligar para o número do anúncio, quem atende é um senhor conhecido como "o açougueiro", utilizando jogos de palavras de duplo sentido para propor operações cirúrgicas.

As condições precisas dessas intervenções cirúrgicas permanecem obscuras, mas uma certeza permanece: a clínica do Gaiteiro Consertador mantém-se como líder em seu segmento de mercado há mais de duas décadas.

Um seguidor do Porto Alegre 24 Horas compartilhou um relato de um conhecido: "Eu, minha esposa e um amigo estivemos na casa desse senhor. Ele realmente consertava gaitas. Nelmar Borges, um músico local, gravou um CD com uma trilha chamada 'Tapuias, 135'. A história dos abortos, ao que parece, é mera imaginação."

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade