PUBLICIDADE

Nardoni, Cravinhos e Lindemberg deixam a cadeia na última saída temporária do ano

Beneficio é concedido aos presos do regime semiaberto com bom comportamento

22 dez 2023 - 13h52
(atualizado às 14h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Da esquerda para a direita: Alexandre Nardoni,  Alexandre Nardoni,  Lindemberg Alves e Christian Cravinhos
Da esquerda para a direita: Alexandre Nardoni, Alexandre Nardoni, Lindemberg Alves e Christian Cravinhos
Foto: Reprodução/Estadão Conteúdo

Nesta sexta-feira, 22, presos do regime semiaberto foram beneficiados com a última saída temporária do ano e deixaram os presídios paulistas. Segundo a TV Band, ao menos 40 mil detentos foram beneficiados no Estado de São Paulo.  

A medida, que faz parte da ressocialização dos presos e está prevista em lei, é voltada para detentos do regime semiaberto e que demonstram bom comportamento.  Os detentos com direito ao benefício tem quatro saídas ao ano cujo calendário é determinado pelo judiciário.   

Entre os beneficiados estão nomes conhecidos como Alexandre Nardoni, Christian Cravinhos, Gil Rugai e Lindemberg Alves, que deixaram a Penitenciária de Tremembé, no interior paulista, por volta das 6h da manhã desta sexta e devem retornar à prisão no próximo dia 3 de janeiro.

Lembre quem são: 

  • Alexandre Nardoni foi condenado a 31 anos de prisão pelo assassinato da filha, Isabela. Em março de 2008, Alexandre jogou a filha de 5 anos da janela do 6º andar de um prédio onde morava; 
  • Christian Cravinhos foi  condenado a 38 anos de prisão pelo assassinato de  Manfred e Marísia Richthofen, pais de Suzane Richthofen, em outubro de 2002.
  • Lindemberg Alves Fernandes  sequestrou e matou Eloá Pimentel, em outubro de 2008. Ele foi sentenciado a 39 anos de prisão; 
  • Gil Rugai foi condenado pelo assassinato do pai, Luiz Carlos Rugai, e da madrasta, Alessandra Troitino, em 2004. Gil foi sentenciado a 36 anos de prisão. 
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade