PUBLICIDADE

Putin oficializa saída da Rússia do Tratado de Céus Abertos

Medida segue decisão dos EUA de abandonar acordo militar

7 jun 2021 09h05
| atualizado às 09h17
ver comentários
Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, firmou nesta segunda-feira (7) a lei para retirar formalmente o país do Tratado de Céus Abertos, pouco mais de um ano depois que os Estados Unidos deixaram o acordo.

Putin retirou Rússia de acordo militar que incluía 35 países
Putin retirou Rússia de acordo militar que incluía 35 países
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A saída do pacto já havia sido aprovada pela Duma, a Câmara Baixa da Rússia, em 19 de maio por unanimidade, e também liberada pela Câmara Alta em 2 de junho.

Em 21 de maio do ano passado, o então presidente norte-americano, Donald Trump, informou que seu país deixaria o tratado porque os russos teriam violado termos do acordo. O processo foi completado em novembro daquele ano e a decisão foi ratificada por seu sucessor, Joe Biden, no início de 2021.

O Tratado de Céus Abertos entrou em vigor em 2002 e permitia que os 35 signatários sobrevoassem com equipamentos militares qualquer parte do seu território, inclusive, mapeando e tirando fotografias. A ideia era impedir que um país preparasse ataques militares contra outro.

O assunto deve ser debatido, porém, entre Putin e Biden na reunião do dia 16 de junho em Genebra. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade