PUBLICIDADE

Petr Fiala é nomeado novo premiê da República Tcheca

O político de 57 anos quer formar um governo 'forte' e 'estável'

29 nov 2021 08h08
| atualizado às 08h15
ver comentários
Publicidade

O presidente da República Tcheca, Milos Zeman, que testou positivo para a Covid-19 na última semana, nomeou Petr Fiala, líder do Partido Democrático Cívico (ODS), como o novo primeiro-ministro do país.

Presidente participou da cerimônia isolado em uma espécie de caixa de acrílico
Presidente participou da cerimônia isolado em uma espécie de caixa de acrílico
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A cerimônia, que foi na residência presidencial de Lany, nas proximidades de Praga, aconteceu de maneira bem incomum. Apesar de estar com Covid-19, Zeman apareceu em uma cadeira de rodas, mas ficou isolado dentro de uma espécie de caixa de acrílico.

O cientista político de 57 anos de idade afirmou que seu objetivo é montar um "governo forte" e "estável". Fiala, que é o sucessor do bilionário Andrej Babis, ainda revelou que pretende se reunir com os novos ministros antes do dia 13 de dezembro.

O ODS conseguiu ficar com a primeira colocação nas eleições gerais depois de ter se unido a outros partidos (entre eles Pirates e o SPD), que formaram a aliança "Juntos". O grupo terá 108 das 200 cadeiras no Parlamento.

"Estou muito orgulhosa de parabenizar e dar os meus melhores votos a Peter Fiala, nomeado como o novo primeiro-ministro da República Tcheca. De Praga, mais uma vez, sopra um vento de liberdade", destacou Giorgia Meloni, líder do partido Irmãos da Itália (FdI).

Fiala assumirá a função em um momento delicado para os tchecos. Na última quinta-feira (25), o governo local declarou estado de emergência em virtude da pandemia do novo coronavírus e decidiu não abrir os mercados natalinos para tentar impedir a disseminação da doença.

Desde o início da emergência sanitária, a nação registrou mais de dois milhões de casos do novo coronavírus e mais de 32,5 mil mortes. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade