0

Papa Francisco pode visitar Tailândia em novembro

Pontífice tem viagem marcada ao Japão no dia 23 do mesmo mês

17 jul 2019
12h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Durante sua viagem pela Ásia em novembro, quando passará quatro dias no Japão, o papa Francisco também deve visitar a Tailândia, informou o site italiano "Il Sismografo" nesta quarta-feira (17).
    De acordo com a publicação, o Pontífice recebeu o convite das igrejas locais e do governo desde 2013, quando assumiu seu pontificado. Esta será a primeira visita de um Papa ao Japão e Tailândia desde a de João Paulo II em 1981 e 1984, respectivamente.
    A programação completa da peregrinação na Tailândia deve ser anunciada até o final de julho, mas acredita-se que a passagem seja breve. Francisco, provavelmente, conhecerá algumas obras sociais e humanitárias realizadas pelas igrejas locais, informou o site. Com milhões de habitantes, o país asiático conta com cerca de 300 mil católicos, distribuídos em nove dioceses e duas arquidioceses. A maioria da população é budista (94,6%) e, portanto, a presença do Santo Padre será marcada pelos desafios do diálogo inter-religioso. Já em relação a sua visita ao Japão, a Santa Sé informou que a expectativa é de que Jorge Bergoglio chegue a Tóquio em 23 de novembro e no dia seguinte visite as cidades de Nagasaki e Hiroshima. Em Nagasaki, o Pontífice fará uma oração na Catedral Urakami, reconstruída após o bombardeio atômico em 1945. Já em Hiroshima, ele prestará uma homenagem a todas as vítimas da tragédia no museu Memorial da Paz.
    A programação ainda inclui uma reunião com o imperador Naruhito e o primeiro-ministro Shinzo Abe, em Tóquio, no dia 25 de novembro. Por fim, Francisco celebrará uma missa no estádio Tokyo Dome.
    No Japão há cerca de 127 milhões de habitantes, sendo aproximadamente 2% cristãos e pelo menos 90,1% de membros budistas e xintoístas.

Papa Francisco pode visitar Tailândia em novembro
Papa Francisco pode visitar Tailândia em novembro
Foto: ANSA / Ansa - Brasil
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade