PUBLICIDADE

Mundo

Papa expressa 'consternação' por ataques em Kiev e Gaza

Bombardeios atingiram hospitais na Ucrânia e escola palestina

9 jul 2024 - 09h46
(atualizado às 10h04)
Compartilhar
Exibir comentários

O papa Francisco lamentou nesta terça-feira (9) os ataques contra dois hospitais em Kiev, capital da Ucrânia, e uma escola na Faixa de Gaza.

    Em comunicado, o Vaticano afirma que "o Santo Padre tomou conhecimento" dos dois bombardeios "com grave dor".

    "O Papa manifesta sua profunda consternação pelo aumento da violência. Ao mesmo tempo em que expressa solidariedade às vítimas e aos feridos inocentes, deseja e ora para que sejam identificados em breve caminhos concretos que ponham fim aos conflitos em curso", acrescenta a nota.

    Os ataques russos contra hospitais em Kiev ocorreram na última segunda-feira (8), no âmbito de uma ofensiva aérea que deixou cerca de 40 mortos em todo o país. Um dos alvos foi o hospital pediátrico Okhmatdyt, um dos mais importantes da Ucrânia.

    Já no último sábado (6), o Ministério da Saúde de Gaza, enclave controlado pelo Hamas, disse que 16 pessoas morreram em um bombardeio israelense contra uma escola que abrigava palestinos deslocados no campo de refugiados de Nuseirat.

    A Rússia alega que o hospital pediátrico em Kiev foi acertado por um míssil antiaéreo ucraniano, enquanto Israel argumenta que a escola era usada como "cobertura para atividades terroristas".

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade