0

Sessenta imigrantes africanos morrem afogados no Iêmen

Esta foi a maior tragédia deste ano com imigrantes refugiados que tentam chegar ao Iêmen pelo Mar Vermelho e Golfo de Aden

6 jun 2014
08h24
atualizado às 08h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Sessenta imigrantes da Somália e da Etiópia e dois tripulantes iemenitas morreram afogados no fim de semana passada na costa do Iêmen, informou a ONU nesta sexta-feira.

"É a maior tragédia deste ano com imigrantes e refugiados que tentam chegar ao Iêmen através do Mar Vermelho e do Golfo de Aden", disse Adrian Edwards, porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) em Genebra.

O Acnur informou que ainda está recebendo informações sobre a tragédia, mas confirmou que a embarcação afundou no sábado no Mar Vermelho.

"A população local estava enterrando os copos que chegavam à costa iemenita perto de Bab el-Mandeb", informou o Acnur em um comunicado.

O organismo da ONU contabiliza pelo menos 121 mortos em acidentes similares nas costas do Iêmen em 2014.

Nos quatro primeiros meses de 2014 chegaram ao Iêmen 16.500 refugiados e imigrantes, muito menos que os 35 mil registrados no mesmo período do ano passado.

"Nos últimos cinco anos atravessaram as águas do Golfo de Aden e do Mar Vermelho para chegar ao Iêmen mais de meio milhão de pessoas, especialmente somalis, etíopes e eritreus", disse Edwards.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade