PUBLICIDADE

Mundo

Número de mortos em ataques na Ucrânia sobe para 43

Novo balanço foi divulgado pelo presidente Volodymyr Zelensky

10 jul 2024 - 10h02
(atualizado às 10h25)
Compartilhar
Exibir comentários

Subiu para 43 o número de mortos nos ataques russos que atingiram diversas cidades da Ucrânia, incluindo um hospital pediátrico oncológico da capital Kiev.

    O novo balanço foi divulgado na última terça-feira (9) pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, à margem de uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Washington. Até então, o número de vítimas era estimado em 37.

    "Quarenta e três pessoas foram mortas por este ataque", declarou ele, ao falar sobre o bombardeio que atingiu a principal instituição pediátrica do país e deixou outras 170 pessoas feridas.

    Na ocasião, Zelensky voltou também a pedir para os líderes internacionais ajudarem prontamente o seu país devastado pela guerra e "não esperarem por novembro ou qualquer outro mês", em referência ao período das eleições presidenciais dos Estados Unidos.

    Segundo a CNN, o líder ucraniano disse que "todos estão à espera de novembro", incluindo o presidente da Rússia, Vladimir Putin, com o voto dos EUA e a possibilidade de uma segunda presidência de Donald Trump.

    "É hora de sair das sombras, de fazer com que decisões fortes funcionem, de agir e não esperar por novembro ou qualquer outro mês. Para este fim, devemos ser fortes e intransigentes", concluiu. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade