PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Mundo

Morre Alexei Navalny, líder da oposição russa, enquanto cumpria pena

Segundo emissora estatal, o ativista teria morrido em virtude de uma trombose

16 fev 2024 - 08h51
(atualizado às 10h41)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Alexei Navalny, líder da oposição russa, morreu na prisão onde cumpria pena, na região de Yamalo-Nenets. Ele liderou um movimento contra Putin na década de 2010 e voltou de uma viagem à Alemanha, antes de ser preso em janeiro de 2021.
O ativista político Alexei Navalny falando durante um protesto da oposição no centro de Moscou, na Rússia, em 5 de dezembro de 2011
O ativista político Alexei Navalny falando durante um protesto da oposição no centro de Moscou, na Rússia, em 5 de dezembro de 2011
Foto: REUTERS/Mikhail Voskresensky/File Photo

O líder da oposição russa Alexei Navalny morreu na prisão onde cumpria pena, aos 47 anos, nesta sexta-feira, 16. Navalny estava preso há cerca de três anos em uma penitenciária na região de Yamalo-Nenets, na Rússia, de acordo com informações da agência de notícias Reuters.

O porta-voz do governo da Rússia, Dmitry Peskov, disse não ter informações sobre a causa da morte. Ele afirmou que o sistema penitenciário está fazendo "todas as verificações". O falecimento foi confirmado por meio de um comunicado do serviço penitenciário federal da Rússia. O comunicado diz que Navalny teria tido um mal-estar após uma caminhada e perdido a consciência "quase imediatamente". Médicos teriam tentado ressuscitá-lo, sem sucesso.

De acordo com a emissora estatal Russia Today, o ativista teria morrido em virtude de uma trombose.

Kira Yarmysh, representante oficial de Navalny, publicou nas redes sociais que a morte ainda não foi confirmada. Ela também disse que o advogado está a caminho da penitenciária, e que informará quando tiver atualizações.

Quem foi Alexei Navalny

Alexei Navalny foi um advogado que ganhou fama há mais de 10 anos por satirizar a elite de Vladimir Putin, além de acusá-lo de corrupção. Ele liderou um movimento contra Putin que levou milhares de pessoas às ruas na década de 2010.

Navalny foi preso em janeiro de 2021 ao voltar de uma viagem para a Alemanha. Ele sofreu uma suspeita de envenenamento e recebeu tratamento no país, ficando em coma induzido por cerca de um mês até ter alta. O veneno utilizado, chamado Novichok, é considerado uma arma química. O governo russo negou qualquer envolvimento com o caso, na época.

Navalny estava cumprindo uma sentença de 19 anos de prisão por "extremismo", na Rússia.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade