PUBLICIDADE

Mundo

'Itália tem direito à vice-presidência da UE', diz chanceler

Meloni e Orbán discutiram apoio a reeleição de von der Leyen

17 jun 2024 - 13h27
(atualizado às 13h33)
Compartilhar
Exibir comentários

O vice-premiê e chanceler da Itália, Antonio Tajani, afirmou nesta segunda-feira (17) que a Itália tem direito à vice-presidência do Poder Executivo da União Europeia.

    "O que é importante para a Itália é ter um vice-presidente e um comissário de 'série A'. A Itália não pode não ter uma vice-presidência, é preciso pedi-la e a Itália tem direito de tê-la, foi um erro não pedir na última legislatura", afirmou.

    "Somos um país fundador e temos um papel importante a desenvolver", acrescentou.

    Também nesta segunda, a primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, e seu homólogo húngaro, Viktor Orbán, se reuniram em um hotel em Bruxelas.

    Questionado após o encontro, ele disse que foi bem: "Vai sempre bem com a Itália". Sobre a possibilidade de uma acordo sobre quem ocupará os principais cargos europeus, especialmente sobre um eventual apoio à reeleição da atual presidente da comissão europeia, Ursula von der Leyen, ele disse: "Haverá um jantar hoje, saberemos após o jantar. A situação está fluida neste momento".

    Já o porta-voz do governo húngaro, Zoltan Kovacs, disse que os dois líderes "avaliaram os resultados das eleições ao Parlamento Europeu e discutiram questões políticas relativas à direita europeia, dos deveres que esperam o Conselho Europeu dos chefes de Estado e de governo, e dos planos da presidência húngara da UE". .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade