PUBLICIDADE

Flórida ordena recontagem de votos para Senado e governador

Os resultados da recontagem devem sair às 18h (horário de Brasília) da quinta-feira para as duas disputas

11 nov 2018 12h01
| atualizado às 12h14
ver comentários
Publicidade

A Flórida realizará uma recontagem dos votos em suas acirradas corridas para o Senado e para governador, disseram autoridades no sábado, abrindo uma espera de dias pelo resultado em duas das disputas mais observadas de perto das eleições parlamentares.

Senador Bill Nelson e governador Rick Scott
Senador Bill Nelson e governador Rick Scott
Foto: Kevin Kolczynski e Joshua Roberts / Reuters

Os resultados da recontagem devem sair às 18h (horário de Brasília) da quinta-feira para as duas disputas, que junto com as de governador na Georgia e para o Senado norte-americano no Arizona, são as competições de mais alto nível ainda sem decisão após as eleições de terça-feira.

O drama ecoa a recontagem da eleição presidencial de 2000 que ocorreu na Flórida, com ambos os lados alegando irregularidades e enviando equipes de advogados para o Estado.

Na eleição da Flórida para o Senado dos EUA, o governador republicano Rick Scott viu sua vantagem sobre o senador democrata Bill Nelson diminuir para cerca de 12.500 votos, ou 0,15 por cento, no sábado à noite.

Scott pediu que todos os xerifes do Estado vigiassem quaisquer violações durante o processo de recontagem e tomassem as medidas apropriadas.

"Não vamos permitir que liberais antiéticos roubem essa eleição!", escreveu Scott no Twitter. "É hora de o senador Nelson aceitar esses resultados e permitir que o Estado da Flórida avance para um futuro melhor".

Nelson afirmou que sua campanha continuará tomando medidas para garantir que todos os votos sejam contados sem interferência ou esforços para minar o processo democrático.

"Acreditamos que quando todas as cédulas legais forem contadas, venceremos esta eleição", disse Nelson em um comunicado.

Na disputa para o governo, a liderança do republicano Ron DeSantis sobre o democrata Andrew Gillum foi para cerca de 33.700 votos, ou 0,41 por cento.

Depois que os resultados da recontagem da máquina forem entregues, o secretário de Estado da Flórida, Ken Detzner, solicitará recontagens manuais se dois candidatos estiverem separados por 0,25 por cento dos votos ou menos.

As recontagens e possíveis desafios legais significam que pode levar semanas até que um vencedor seja determinado em qualquer corrida.

Veja também:

Por que as eleições legislativas dos EUA deste ano são tão importantes:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade