PUBLICIDADE

Mundo

Ferragni nega que suposta separação seja 'saída estratégica'

Influenciadora é investigada por suposta publicidade enganosa

1 mar 2024 - 10h57
(atualizado às 11h21)
Compartilhar
Exibir comentários

A influenciadora digital italiana Chiara Ferragni negou na última quinta-feira (29) que a suposta separação do rapper Fedez é uma "saída estratégica" para melhorar sua imagem após a crise sofrida em decorrência de uma investigação por suposta publicidade enganosa.

"Não, não é uma saída estratégica e também é bastante ofensivo que as pessoas pensem isto", disse ela ao Pomeriggio Cinque, programa apresentado por Myrta Merlino no Canale 5.

Ao ser questionada sobre as indiscrições que apareceram em alguns jornais que indicam como falsa sua suposta separação, Ferragni insistiu que "as coisas que escrevem não são verdadeiras". "Nada é falso".

A empresária de 36 anos passa por uma crise profissional, em virtude das várias investigações contra seu império, e pessoal, motivada pelos rumores do fim do casamento com o pai dos seus dois filhos: Leone e Vittoria.

Os boatos sobre o fim de seu relacionamento com Fedez começaram após notícias sobre a crise conjugal do casal, que revelaram até que o músico teria até saído da casa da família.

A briga, por sua vez, teria sido causada pela crise de imagem vivida pela empresária de moda, investigada por suposta publicidade enganosa no caso da promoção de um pandoro para caridade. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade