PUBLICIDADE

Mundo

Familiares divulgam vídeo de sequestro de reféns israelenses

Três jovens foram levados pelo Hamas após festival de música

24 jun 2024 - 17h15
(atualizado às 17h36)
Compartilhar
Exibir comentários

Familiares de três reféns israelenses nas mãos do Hamas autorizaram a divulgação de um vídeo com imagens dos sequestros de seus entes queridos.

    São eles Hersh Goldberg-Polin, de 23 anos, Or Levy, de 33, e Eliya Cohen, de 26.

    Eles foram encontrados pelos fundamentalistas islâmicos tentando fugir da rave Nova, perto do kibutz Be'eri, um dos mais afetados pelo ataque de 7 de outubro.

    No vídeo, os militantes do Hamas lançam bombas contra o local onde os três estavam abrigados. Depois, os jovens, ensanguentados, são obrigados a subir em uma picape e os milicianos, empunhando fuzis, gritam "Allahu akbar" ("Alá é Grande"). O veículo é visto trafegando por uma estrada que leva a Gaza.

    Levy estava com a esposa, que foi morta. A namorada de Cohen, que ficou sob uma pilha de corpos, sobreviveu.

    Goldberg-Polin, que tem cidadania americana, perdeu parte do braço. Em abril, o Hamas divulgou um vídeo dele falando sobre o cativeiro.

    A divulgação nesta segunda-feira (24) foi feita para pressionar o governo do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a concluir um acordo de troca de reféns com o Hamas.

    Netanyahu afirmou que o vídeo "parte nossos corações e reforça a brutalidade do inimigo que juramos destruir": "Não pararemos a guerra até trazermos todos os nossos 120 entes queridos para casa". .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade