0

EUA aplica sanções contra russos por ataques cibernéticos

As medidas atingem cinco empresas e três dirigentes

11 jun 2018
18h37
atualizado às 18h49
  • separator
  • comentários

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, impôs novas sanções contra cinco empresas da Rússia e três de seus dirigentes por suposto envolvimento em ataques cibernéticos no país.

EUA aplica sanções contra russos por ataques cibernéticos
EUA aplica sanções contra russos por ataques cibernéticos
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

As medidas foram anunciadas nesta segunda-feira (11) pelo Departamento do Tesouro e atingem as companhias Digital Security e duas subsidiárias, Erpscan e Embedi; Kvant Scientific Research Institute; e Divetechnoservices. Já os três funcionários pertencem a esta última: Aleksandr Lvovich Tribun, Oleg Chirikov e Vladimir Kaganskiy Segundo a Casa Branca, a Digital Security forneceu material e suporte técnico aos serviços secretos russos, enquanto a Divetechnoservices disponibilizou equipamentos submarinos e sistemas de imersão para agências de Moscou.

As sanções congelam eventuais ativos das empresas e pessoas atingidas nos EUA e proíbem que norte-americanos façam negócios com elas. "Os Estados Unidos estão empenhados no esforço de combater atores malignos que trabalham por conta da Federação Russa", diz uma nota do Departamento do Tesouro.

Washington acusa Moscou de ser responsável por ataques cibernéticos contra a rede energética e de infraestrutura dos EUA e de monitorar cabos submarinos de telecomunicações. As sanções chegam poucos dias depois de Trump ter pedido a reinclusão da Rússia no G7, o que foi negado pelo grupo.

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade