PUBLICIDADE

Polícia identifica atirador que matou dois em shopping de Maryland, nos EUA

Darion Marcus Aguilar tinha 19 anos; polícia investiga motivações do crime

26 jan 2014 14h10
| atualizado às 17h08
ver comentários
Publicidade

O homem que atirou e matou duas pessoas em um shopping em Maryland, nos Estados Unidos, tem 19 anos e vivia com a mãe na cidade de College Park, e chegou ao centro de compras de táxi cerca de uma hora antes de abrir fogo, disse a polícia neste domingo.

Um dia depois do tiroteio de sábado, porém, a polícia não conseguiu explicar por que Darion Marcus Aguilar matou um jovem e uma jovem no shopping em Columbia, Maryland, a cerca de 32 quilômetros a oeste de Baltimore, antes de aparentemente se suicidar.

A polícia ainda está tentando encontrar alguma ligação entre Aguilar e as duas pessoas mortas, funcionários de uma loja de skate no shopping, disse o chefe da polícia de Howard County, Bill McMahon.

"Nós sabemos que uma das vítimas também morava em College Park", disse McMahon. "Não sabemos se há uma ligação nisso ou se é apenas uma coincidência".

Aguilar disparou de seis a oito tiros com uma espingarda calibre 12, matando Brianna Benlolo, 21, de College Park, e Tyler Johnson, 25, de Mount Airy, Maryland, segundo a polícia. Os dois eram funcionários da Zumiez, uma loja de skate onde o tiroteio ocorreu. Uma terceira pessoa, em um pavimento inferior do shopping, foi atingida no pé, e quatro outras pessoas foram feridas durante o caos.

EUA: veja aéreas do shopping onde pelo menos três morreram em tiroteio:

O tiroteio aconteceu por volta das 11h15 locais (14h15 de Brasília), no piso superior do shopping, imediatamente acima da praça de alimentação. O shopping, que tem mais de 200 lojas, estava lotado com clientes por causa do fim de semana; muitos deles se abrigaram depois de ouvirem os primeiros tiros ou perceberem pessoas fugindo.

A polícia, que estava na área por causa de outro caso, respondeu à chamada de emergência em dois minutos e encontrou os três corpos dentro da loja ou muito próximo dela.

Aguilar tinha uma mochila cheia de explosivos, e as autoridades inicialmente estavam preocupadas que ele teria preso uma bomba a si mesmo, disse McMahon. "Eram explosivos caseiros feitos de um pó explosivo e itens caseiros, então não era muito sofisticado", afirmou.

À noite, a polícia realizou uma busca na casa de Aguilar, onde encontraram mais munição e apreenderam computadores e documentos. A polícia acredita que Aguilar comprou legalmente a espingarda no mês passado no condado próximo de Montgomery.

McMahon disse que não poderia dar mais informações sobre Aguilar, inclusive se ele trabalhava ou era apenas um estudante. College Park abriga o campus da Universidade de Maryland.

O ataque em Columbia aconteceu depois de um tiroteio em um shopping de New Jersey, em novembro, no qual um homem atirou pelo menos seis vezes e não acertou ninguém, mas provocou uma evacuação em massa antes de se suicidar.

Houve muitos tiroteios nos últimos dias em escolas e universidades americanas. Um estudante foi morto na sexta-feira, na Universidade Estadual da Carolina do Sul, em Orangeburg, e na terça-feira, um assistente de professor foi morto na Universidade Purdue, em Indiana. Os suspeitos foram processados por esses crimes nos dois casos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade