PUBLICIDADE

Mundo

Biden recebe apoio de três grupos de idosos

12 jun 2024 - 14h09
Compartilhar
Exibir comentários

Três grupos que representam norte-americanos mais velhos endossaram na quarta-feira o democrata Joe Biden para um segundo mandato como presidente, enquanto sua campanha trabalha para expandir o apoio entre os idosos, um bloco que poderia ajudar a compensar o apoio mais modesto entre outros eleitores.

O National Committee to Preserve Social Security & Medicare (NCPSSM), que desafiou uma tradição de 38 anos de evitar endossos para apoiar Biden em 2020, o Social Security Works PAC e o bipartidário National United Committee to Protect Pensions disseram que apoiariam Biden em 2024.

Os endossos, que não haviam sido relatados anteriormente, seguem o apoio a Biden em janeiro pela Alliance for Retired Americans, com 4,4 milhões de membros.

Max Richtman, presidente do NCPSSM, disse que Biden trabalhou para proteger os benefícios conquistados pelos idosos e que o grupo não confia em Donald Trump para proteger a Previdência Social e o Medicare.

A gerente de campanha de Biden Julie Chávez Rodríguez afirmou que os grupos representam dezenas de milhões de idosos, que vão se organizar, mobilizar e ativar seus pares antes da eleição presidencial dos EUA em novembro.

"Com os endossos de hoje, estaremos mais fortes e mais preparados do que nunca para mobilizar os idosos de todo o país, para lembrar os eleitores de como Trump e suas políticas são perigosos e para torná-lo um perdedor novamente em novembro."

A campanha lançou na terça-feira o Seniors for Biden-Harris, um programa para energizar os eleitores com 65 anos ou mais, com mais de uma dúzia de eventos, desde noites de bingo a torneios de pickleball.

Os norte-americanos mais velhos podem desempenhar um papel fundamental na eleição, já que votam em níveis mais altos do que qualquer outro grupo e representam quase 10 milhões de eleitores nos principais Estados decisivos, incluindo Wisconsin, Michigan, Pensilvânia, Carolina do Norte, Geórgia, Arizona e Nevada.

Os idosos geralmente votam majoritariamente nos republicanos, mas seu crescente apoio a Biden, de 81 anos, a pessoa mais velha a servir como presidente, pode ser uma boa notícia para o democrata, cujo índice de aprovação caiu para seu nível mais baixo em quase dois anos em maio.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade