0

Haddad minimiza uso de colete: 'Quer ver meu tanquinho?'

Os apoiadores puxaram várias vezes o coro "eu tô com ele, eu tô com ela, eu tô com Lula, com Haddad e Manuela".

13 set 2018
14h24
atualizado às 15h20
  • separator
  • comentários

O candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, brincou com jornalistas quando foi questionado se estava usando colete à prova de balas durante ato em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. "Quer ver meu tanquinho?", afirmou a jornalistas.

No ato, que ocorre dois dias depois de Haddad ser oficializado como candidato do PT à Presidência, o petista usava por cima de uma camisa social branca uma camiseta vermelha com o rosto do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva estampado de branco.

O candidato à presidência da República pelo PT, Fernando Haddad e a candidata à vice-presidente, Manuela D'Ávila (PCdoB), fazem campanha, na manhã desta quinta-feira (13), na rua Antônio Agú, em Osasco na Grande São Paulo.
O candidato à presidência da República pelo PT, Fernando Haddad e a candidata à vice-presidente, Manuela D'Ávila (PCdoB), fazem campanha, na manhã desta quinta-feira (13), na rua Antônio Agú, em Osasco na Grande São Paulo.
Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA / Estadão Conteúdo

Haddad conversou com funcionários de lojas do centro comercial de Osasco, tirou fotos com apoiadores e pediu votos. Ele ainda ensaiou passos de forró com dois músicos que tocavam Asa Branca.

Os apoiadores puxaram várias vezes o coro "eu tô com ele, eu tô com ela, eu tô com Lula, com Haddad e Manuela".

No carro de som, Manuela D'Ávila (PCdoB), candidata a vice de Haddad, disse que a campanha deles é a única que pode ir às ruas "e olhar nos olhos do povo" pela agenda proposta.

Na caminhada, o tesoureiro do PT e candidato a deputado estadual por São Paulo, Emidio de Souza, cometeu uma gafe, ao lado de Haddad.

"Agora, gente, agora nessas três semanas é Osasco, é Carapicuíba, é o Brasil inteiro com Haddad presidente, Lula vice... Lula, não. Haddad presidente, Manuela vice. É a chapa do Lula", disse ele, em transmissão ao vivo para redes sociais.

Veja também:

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade