PUBLICIDADE

Quer trabalhar com ESG? Veja como se preparar para atuar nesse mercado promissor

Especialista em comunicação organizacional e sustentabilidade compartilha experiência sobre o que é necessário para atuar com ESG

31 jul 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Conceito de ESG (Ambiental, Social e Governança) tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo
Conceito de ESG (Ambiental, Social e Governança) tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo
Foto: Getty Images

O conceito de ESG (Ambiental, Social e Governança) tem ganhado cada vez mais destaque no mundo corporativo, levando empresas a buscarem profissionais especializados para liderar iniciativas voltadas à sustentabilidade e responsabilidade social. Segundo estudo da Future of Jobs, em parceria com o Fórum Econômico Mundial e a Fundação Dom Cabral, por exemplo, o ESG tem potencial de aumentar em 70% a criação de vagas de emprego no País. 

Ao Terra, o comunicador social e cientista social Rodolfo Guttilla compartilhou sua experiência e insights sobre o que é necessário para se preparar e assumir uma responsabilidade nessa área em ascensão.

Guttilla é sócio-fundador da consultoria CAUSE, empresa especializada na gestão de causas, advocacy e estratégias de sustentabilidade e ESG. Ele atua há mais de trinta anos nos campos da comunicação organizacional e da sustentabilidade, e recentemente lançou o livro Como implementar uma estratégia ESG, do propósito à ação.

"Os temas do ESG [esferas ambiental, social e governança] são muito amplos, muito abrangentes, e são quase continentes inteiros", explica ele. Segundo o especialista, cada uma dessas dimensões abrange temas de extrema relevância.

Na esfera social, por exemplo, a pauta reúne desde condições de trabalho até inclusão e diversidade, além das relações com as comunidades locais. Já o escopo ambiental abrange preocupações com fatores como economia de água, emissão de carbono, biodiversidade e a preservação dos biomas. Quanto à governança, estão em foco os acionistas, relações de mercado e aprimoramento dos processos internos, garantindo compliance absoluto. 

Especialista no tema, Rodolfo Guttilla recentemente lançou o livro: “Como implementar uma estratégia ESG, do propósito à ação”.
Especialista no tema, Rodolfo Guttilla recentemente lançou o livro: “Como implementar uma estratégia ESG, do propósito à ação”.
Foto: Divulgação

Qual o perfil do profissional de ESG

O especialista Rodolfo Guttilla destaca que, para assumir uma posição na área de ESG, é fundamental que a empresa possua uma cultura de sustentabilidade consolidada. Além disso, os executivos devem reconhecer a relevância desses temas para a organização.

"O profissional precisa ser um animador e conectar diferentes áreas da empresa para que a agenda estratégica seja implementada com sucesso", destaca.

Além disso, Guttilla afirma que também é muito importante conhecer profundamente o mercado e o setor em que a empresa atua. Isso leva a outra característica do profissional de ESG: é preciso ter diploma de ensino superior e alguma especialização em áreas relacionadas à sustentabilidade ou à sociedade. 

Ser formado em ciências humanas pode ser especialmente benéfico para entender as dimensões sociais e ambientais. Ele cita como exemplos os cursos de comunicação social, ciênicas sociais e administração. 

"Uma formação humanista, para ciências humanas, ajuda muito, porque quando você fala das dimensões sociais e ambientais, você está tocando no 'nervo' das ciências humanas. Não é necessariamente preciso ser técnico. Esse perfil mais humanista, de quem transita pelas ciências humanas, incluindo administração, economia, e algumas outras disciplinas dessas ciências, pode se sair bem", reforça.

Em geral, Guttilla aponta que o profissional que deseja assumir uma posição estratégica em ESG precisa:

  • Ter capacidade analítica;
  • Ser capaz de organizar informações e interpretar indicadores de processo e resultados;
  • Possuir excelente capacidade de organização e articulação, uma vez que a área envolve interação com diversos setores da empresa, incluindo recursos humanos e relações institucionais.

Preparação para responsabilidade em ESG

Existem diversas oportunidades de desenvolvimento na área de ESG, seja por meio de cursos em instituições de ensino renomadas ou literatura consolidada em universidades. Um dos livros que aborda o tema e pode ajudar quem pretende crescer na área foi escrito pelo próprio Rodolfo Guttila. A obra Como implementar uma estratégia ESG, do propósito à ação apresenta um panorama da evolução do tema no mundo e no Brasil, além de cases de sucesso de organizações.

"No decorrer das páginas é possível compreender quais são as etapas para implementar uma estratégia ESG na organização, olhando para o propósito da empresa e também para as demandas da sociedade", destaca.

O especialista ainda chama a atenção para a experiência prática para um profissional de ESG. Para ele, é essencial ter vivência de visitas a comunidades, contato com lideranças locais e avaliação das práticas ambientais da empresa.

"É preciso meter o pé no barro. As companhias devem conhecer as comunidades, conversar com as lideranças dessas comunidades, avaliar as boas práticas ambientais que a empresa está praticando naquelas regiões onde possui operações. Ou seja, não é de um escritório da Faria Lima que o profissional conseguirá conhecer e implantar as melhores práticas de sustentabilidade ou ESG", afirma.

Veja as principais dicas para se preparar para uma vaga ESG:

  • 1. Compreenda os conceitos de ESG: Entenda os princípios e objetivos da abordagem ESG, bem como as principais questões ambientais, sociais e de governança que são relevantes para o setor em que deseja trabalhar; 
  • 2. Atualize-se sobre as práticas do setor: Pesquise sobre as práticas e políticas de sustentabilidade adotadas pelas empresas do setor em que deseja atuar. Isso demonstrará seu interesse e comprometimento com o ESG;
  • 3. Destaque suas habilidades relevantes: Identifique as habilidades e experiências que possam contribuir para as metas de ESG da empresa. Isso pode incluir conhecimentos em sustentabilidade, responsabilidade social corporativa, gerenciamento de riscos ambientais, entre outros;
  • 4. Foque em resultados e impacto: Ao se preparar para a entrevista, enfatize suas conquistas anteriores relacionadas ao ESG, destacando como suas ações tiveram um impacto positivo nos resultados da empresa ou comunidade;
  • 5. Demonstre alinhamento com a cultura da empresa: Pesquise sobre os valores e a cultura da empresa que está oferecendo a vaga. Destaque como suas crenças e visão estão alinhadas com as práticas de ESG que a empresa adota;
  • 6. Mostre sua capacidade de inovação: As empresas valorizam candidatos capazes de propor soluções criativas e inovadoras para desafios relacionados a ESG. Seja proativo em apresentar ideias e projetos relevantes;
  • 7. Esteja aberto ao aprendizado contínuo: O campo do ESG está em constante evolução. Demonstre que está disposto a aprender e se atualizar sobre as melhores práticas e tendências emergentes.
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade