MEC vai gastar R$ 49,86 por candidato no Enem 2013

O valor superou o investimento na edição de 2012, que teve custo de R$ 46 por candidato. No total serão R$ 357,6 milhões gastos nas provas

21 ago 2013
14h47
atualizado às 14h49
  • separator
  • comentários

A edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai custar aos cofres do governo federal R$ 49,86 por candidato, um investimento total de mais de R$ 357,6 milhões. O valor por candidato é superior ao da edição anterior, quando o gasto foi de R$ 46 por aluno.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o aumento se deve aos investimentos para garantir a segurança na aplicação das provas e ao volume de isenções.  "Chegamos, preservando a qualidade e os itens de certificação e segurança, a um valor que é quase um terço de um vestibular tradicional”, disse Luiz Cláudio Costa, ao anunciar os dados nesta quarta-feira.

Em 2013, cerca de 5,2 milhões de candidatos foram liberados do pagamento da taxa de inscrição, de R$ 35, o que representa 73,1% dos 7,1 milhões de candidatos. No ano passado a isenção beneficiou 3,9 milhões de estudantes - 68% dos 5,7 milhões de inscritos.

Segundo o Inep, além do número de inscritos superar em 24% o de 2012, haverá ampliação na logística do exame. Serão impressos 15,7 milhões de provas, a ser distribuídos em 1.661 municípios e em 15.576 locais de aplicação. Na entrega dos 63.340 malotes serão percorridas 9.480 rotas de distribuição em 308 mil quilômetros. Em 2012, foram 12,7 milhões de provas, 1.615 municípios envolvidos, 15.076 locais de prova, 48.341 malotes, 9.788 rotas e 305 mil quilômetros.

Infográfico: Enem ou vestibular?

Saiba como é o processo de seleção nas principais universidades públicas brasil

 

Estarão envolvidas na aplicação das provas 648 mil pessoas, dentre coordenadores estaduais, municipais e de locais de aplicação, chefes de sala, fiscais e pessoal de apoio. Haverá ainda 48.048 atendimentos especiais para pessoas com deficiência, gestantes, idosos e lactantes.

As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro, com início às 13 horas (de Brasília). Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas, também de acordo com o horário de Brasília. Estará impedido o acesso do participante que se apresentar após o fechamento dos portões.

Infográfico: Ranking Enem

Veja quais são e onde estão as 50 melhores e as 50 piores escolas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade