PUBLICIDADE

O que faz e quanto ganha um arquiteto?

Descubra quanto ganha um arquiteto e desvende os segredos da profissão que envolve artes, humanas e até exatas.

19 jun 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
 Os arquitetos utilizam programas de design (CAD) para criar desenhos precisos e projetos.
Os arquitetos utilizam programas de design (CAD) para criar desenhos precisos e projetos.
Foto: AndreyPopov / iStock

A arquitetura é uma das profissões mais antigas e fascinantes da humanidade. Há tempos os seres humanos criam e transformam os espaços onde vivem, buscando conforto, beleza e funcionalidade.

Mas você sabe como é o trabalho de um arquiteto nos dias de hoje? Você sabe quais são as suas áreas de atuação, a sua formação e o seu salário?

Descubra o que faz e quanto ganha um arquiteto, suas principais especialidades e muito mais.

Qual a função de um arquiteto?

Você já se perguntou como são feitos os edifícios que vemos nas cidades? Por trás de cada construção, há um profissional que planeja e coordena todo o processo: o arquiteto. 

Um arquiteto é um profissional responsável pelo planejamento, projeto e supervisão da construção de espaços e edifícios, considerando aspectos estéticos, funcionais, estruturais e regulamentares.

Eles criam projetos que atendem às necessidades e desejos dos clientes, levando em conta questões de sustentabilidade, segurança e eficiência. 

O trabalho do arquiteto começa com uma conversa com o cliente, para entender suas necessidades. Por exemplo, se ele quer construir uma casa, o arquiteto precisa saber quantos quartos ela terá, qual o estilo que ele prefere, quanto ele pode gastar, etc.

Após essa conversa, o profissional visita o local onde a obra será executada e analisa as características do terreno. Ele então pesquisa os materiais e técnicas de construção mais adequados de acordo com o orçamento disponível.

Com base nessas informações, o arquiteto elabora o projeto arquitetônico, que é um conjunto de plantas e desenhos que mostram como será o edifício por dentro e por fora. O projeto deve levar em conta vários aspectos, como:

Aparência: a construção deve ser bonita e harmonizar com o entorno.

Praticidade: a obra deve ser funcional e confortável para quem vai usá-la.

Segurança: o empreendimento deve ser resistente e proteger as pessoas de riscos como incêndios, desabamentos e invasões.

Eficiência energética: a obra deve aproveitar ao máximo a luz e o calor naturais, reduzindo o consumo de energia elétrica.

Impacto ambiental: a construção deve causar o mínimo de danos à natureza, usando materiais recicláveis ou renováveis e evitando a poluição.

Porém, o trabalho do arquiteto não para por aí!

A atuação do arquiteto não termina com o projeto. Ele também precisa organizar e liderar sua equipe de trabalho, que pode incluir outros profissionais como engenheiros, projetistas, decoradores e paisagistas. Juntos, eles definem os detalhes técnicos da obra.

Além disso, o arquiteto cuida de questões burocráticas. Ele solicita as licenças e as autorizações necessárias para construir junto aos órgãos públicos. 

Ele também faz contatos com os fornecedores de materiais e os prestadores de serviços. E, principalmente, coordena a obra, fiscalizando a qualidade dos trabalhos realizados e o cumprimento dos prazos estabelecidos.

O arquiteto também está preparado para resolver quaisquer problemas que possam surgir durante a obra, como falta de materiais, tomando decisões rápidas para evitar atrasos ou desperdícios.

O trabalho dele só termina quando a obra é concluída e entregue ao cliente. Nesse momento, ele verifica se tudo está funcionando corretamente e se o contratante está satisfeito com o resultado.

Quanto é o salário do arquiteto?

Agora que você conhece as principais funções desempenhadas por esse profissional, deve estar se perguntando: quanto ganha um arquiteto?

Bem, sua remuneração varia de acordo com sua área de atuação, nível de responsabilidade e experiência.

Em geral, um arquiteto no Brasil costuma ganhar, em média, cerca de R$ 3.900,00, segundo a agência de empregos Catho.

No entanto, ele pode se especializar em diferentes segmentos, podendo aumentar seu salário para cerca de R$ 10.000, se for contratado por uma grande empresa.

Existe um piso salarial regulamentado pela Lei 4.950-A, de 22 de abril de 1966. Esta lei diz que um arquiteto que trabalha 6 horas por dia deve receber seis salários mínimos por mês. Entretanto, muitas empresas não cumprem o piso.

A seguir estão as principais áreas de atuação para arquitetos e suas faixas salariais conforme dados divulgados no Quero Bolsa.

Quais as áreas que um arquiteto pode atuar?

Você sabia que existem diferentes tipos de arquitetos? Cada um deles se especializa em uma área de trabalho e desenvolve projetos específicos. 

Veja a seguir os principais ramos de atuação e o que cada um faz:

1. Arquiteto Urbanista

É o profissional que planeja e organiza as cidades, buscando melhorar a qualidade de vida das pessoas. Ele cria projetos que envolvem o uso do solo, o transporte, o meio ambiente, a habitação, o lazer e a cultura.

Ele também preserva e valoriza o patrimônio histórico e cultural das cidades. Um exemplo de projeto de arquitetura urbanística é o Plano Diretor, que define as diretrizes para o desenvolvimento urbano de uma cidade.

Quanto ganha um arquiteto urbanista? 

Salário inicial de R$ 2.420,00 mensais.

2. Arquiteto de Edificações

É o profissional que projeta e constrói edifícios, como casas, apartamentos, escritórios, escolas, hospitais e etc. Ele cria plantas e desenhos que mostram como será o edifício por dentro e por fora.

Ele também coordena e fiscaliza a obra, cuidando dos aspectos técnicos, financeiros e legais.

Quanto ganha um arquiteto de edificações? 

Salário inicial de R$ 2.415,00 mensais.

3. Arquiteto de Patrimônio

É o profissional que estuda e protege os bens culturais de uma sociedade, como monumentos, edifícios históricos, sítios arqueológicos e paisagens naturais. Ele realiza pesquisas, restaurações e intervenções que visam conservar e divulgar o patrimônio.

Ele também promove a educação patrimonial e o turismo cultural. Um exemplo de projeto de arquitetura de patrimônio foi a revitalização do Pelourinho, em Salvador.

Quanto ganha um arquiteto de patrimônio?

Salário inicial de cerca de R$ 3.000,00

4. Arquiteto de Interiores

É o profissional que planeja e decora os espaços internos dos edifícios, como salas, quartos, cozinhas e banheiros. Ele escolhe os móveis, as cores, as texturas, os tecidos, os objetos e os acessórios que vão compor o ambiente.

Ele também define a iluminação, a ventilação e a acústica do espaço. E busca criar ambientes confortáveis, funcionais e estéticos para seus clientes.

Quanto ganha um arquiteto de interiores? 

Salário inicial de R$ 2.900,00 mensais.

5. Arquiteto Paisagista

É o profissional que projeta e executa os espaços externos como jardins, praças, parques etc. Ele escolhe as plantas, as flores, as pedras, as fontes e os elementos que vão compor o paisagismo.

Também leva em consideração as condições climáticas, solo, água e biodiversidade do local, visando criar espaços verdes que se integrem à arquitetura e ao urbanismo.

Qual faculdade faz para ser arquiteto?

Você quer ser um arquiteto? Então você precisa saber quais são os requisitos para entrar nessa carreira. 

Veja o que você precisa fazer para se tornar um profissional qualificado e reconhecido pelo mercado:

Formação acadêmica: o primeiro passo é fazer uma faculdade de Arquitetura e Urbanismo, que é um curso superior com duração média de cinco anos. Neste curso, você vai aprender sobre os fundamentos teóricos e práticos da arquitetura.

Habilidades e competências: além da formação acadêmica, você precisa possuir certas características pessoais e profissionais que o ajudarão em sua carreira, como criatividade, habilidades de comunicação e competências de liderança.

Registro: depois de formado, é preciso obter registro de arquiteto e/ou urbanista junto ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) do seu estado. O valor da anuidade é cerca de R$ 650.

Como você pode ver, ser um arquiteto exige uma formação completa e diversificada. Você precisa estudar muito, se atualizar constantemente e ter uma visão ampla da arquitetura. Assim, você poderá desenvolver projetos que atendam às necessidades dos clientes e da sociedade.

Se você tiver interesse em conhecer mais sobre a carreira de arquiteto, acesse o Terra Educar. Aqui você encontrará outras publicações sobre essa e outras profissões, com informações atualizadas e confiáveis. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade