5 eventos ao vivo

Perícia Grafotécnica: faltam profissionais, sobram oportunidades

27 dez 2019
11h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O mercado de trabalho é um pouco mais complicado do que se imagina. Hoje, o Brasil conta com 13 milhões de desempregados, segundo dados disponibilizados pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Foto: DINO / DINO

Porém, nem tudo é tão ruim como se pensa: muitos dos trabalhadores autônomos acabam por ser contabilizados na enorme conta do desemprego, uma vez que não possuem registro na carteira de trabalho.

Atualmente, o país passa por uma fase onde o número de trabalhadores independentes explodiu e bate recorde histórico desde o início das pesquisas, em 2012, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada, também, pelo IBGE.

São 24 milhões de pessoas que possuem como profissão algo que independe de grandes companhias ou corporações. Porém, diante de tantas opções, como decidir qual o melhor caminho a ser seguido?

Para Evandro Correia, sócio-fundador da NERO Perícias, empresa especializada em Perícia Grafotécnica e Avaliação de Imóveis, procurar um curso de especialização é o primeiro passo descobrir se a carreira almejada atende as exigências e, mais do que isso, traz a remuneração pretendida.

"Hoje, temos muitas profissões em alta. O mercado é competitivo e tomar uma decisão acaba sendo difícil", diz. "Para aqueles que buscam uma renda alta e um mercado que não esteja saturado, seguir carreira como perito grafotécnico é uma ótima opção", aconselha.

Começando com pouco

Evandro ressalta que existe curso de perito grafotécnico a partir de R$ 1.299,00. O investimento será recuperado em apenas um trabalho, uma vez que o perito ganha ao menos R$ 2.500,00 por cada assinatura periciada.

"O trabalho do perito tem um retorno financeiro muito alto, principalmente porque faltam profissionais qualificados na área. A demanda é enorme e são poucos peritos grafotécnicos disponíveis para realizar esse atendimento", diz.

Para finalizar, o especialista traz à tona todas as vantagens do trabalho como perito grafotécnico : "além da alta oferta de trabalho, existe também a flexibilidade de horários, certificação aceita em todo o país e baixo investimento de tempo e dinheiro para iniciar a carreira. É uma ótima opção para aqueles que possuem pressa e muita força de vontade".

Aprendizado garantido

Com escritório em São Paulo e São José do Rio Preto, a NERO Perícias conta com equipe de profissionais inscritos junto ao CONPEJ (Conselho Nacional dos Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil). A empresa emite seus laudos periciais elaborados de acordo com as normas da ABNT.

Mais informações: http://www.neropericias.com.br ou pelo telefone (11) 2829-8767



Website: http://www.neropericias.com.br

Veja também:

Carros batem e mulher fica ferida no Bairro Santa Cruz em Cascavel
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade