4 eventos ao vivo

O poder do sorriso: especialista explica como hormônios da felicidade conectam pessoas

Segundo Osmar Bria, analista comportamental, o ato de sorrir pode transformar ambientes e influenciar, inclusive, a saúde das pessoas

26 dez 2019
11h12
atualizado às 22h42
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Guillaume Benjamin Amand Duchenne foi um médico neurologista francês e precursor no estudo sobre sorrisos. Duchenne intuiu que o "sorriso verdadeiro", aquele que realmente apresenta uma felicidade genuína, é representado em toda a face, pois tanto a musculatura inferior, chamada Zigomático Maior, como a superior representada pela musculatura Orbicular, são ativadas neste caso. 

Foto: DINO / DINO

"O 'sorriso verdadeiro' é produzido no Sistema Límbico, parte do cérebro responsável por nossas emoções, sendo assim fruto de uma ação involuntária, inconsciente. Verdadeiro ou falso, amigável ou assustador, o estilo não faz muita diferença. O fato é que o sorriso sempre serviu como forma de comunicação - talvez a maneira não verbal mais rápida e eficiente de fazer contato", explica Osmar Bria, especialista em Análise Comportamental, presidente da Associação Brasileira de Alta Performance e autor do livro "A Fórmula do Voto". 

Segundo o especialista, o pensamento tem um ciclo natural e inconsciente, pois o cérebro humano gasta muita energia e sempre faz a opção mais fácil. "Quando você está preocupado, estressado, com medo ou qualquer outro sentimento de tensão, automaticamente o cérebro começa a desenvolver as substâncias que caracterizam estes sentimentos. Doses de adrenalina e cortisol começam a ser despejadas em suas veias, que imediatamente vão 'avisar' as glândulas hormonais a emoção que elas devem sintetizar. Quando você sorri, este ciclo de pensamento é quebrado e em milissegundos os 'hormônios de felicidade' começam a circular, mudando imediatamente o seu estado", elucida Osmar Bria. 

O Master Coach lista ainda os hormônios ligados à felicidade e o poder de cada um deles por meio do sorriso. Vale conferir:

  • Dopamina: causa energia, motivação e excitação;
  • Endorfina: reduz a percepção de dor e provoca euforia;
  • Serotonina: é responsável pelo estado de humor positivo;

Pesquisadores japoneses também atestaram o poder terapêutico do sorriso. Em 2001, um grupo sofrendo de alergia viu seus problemas de pele melhorarem mais rápido após assistir ao filmes de Charles Chaplin, o contrário do que aconteceu com outro grupo, submetido a torturantes boletins de previsão do tempo.

Segundo Bria, além disso, ao sorrir a pessoa envia as seguintes mensagens inconscientes a quem recebe o sorriso: "não sou uma ameaça", "estamos em sintonia" e "gostei de você". "Esses sentimentos favorecem as pessoas em suas interações pessoais e sociais. E quem entende esses benefícios, consegue ter uma vida mais positiva e produtiva em comunidade", garante o analista comportamental. 

O Sorriso de Barack

Um pequeno lagarto que viveu há 65 milhões de anos foi batizado com o nome de 'Obamadon', uma homenagem ao ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pois, assim como o líder, o animal possuía uma dentição "forte e saudável", segundo os cientistas.

"Não apenas sinônimo de saúde bucal, o 'Sorriso de Obama', é símbolo de um líder de sucesso. Inúmeras pesquisas nos EUA e Europa, já comprovaram que os líderes 'bem humorados', ocupam os cargos mais altos nas principais empresas", pontua Osmar Bria. "Você é capaz de criar para você mesmo um novo estado de ser. Uma pessoa mais feliz, mais conectada ao próximo, uma pessoa capaz de mudar um lugar de trabalho, um evento social, mudar outra pessoa e, principalmente, mudar a você mesmo. O ato de sorrir vai fazer de você um sucesso. Comece agora. Sorria", finaliza.



Website:

https://www.instagram.com/osmarbria/

Veja também:

Segunda onda de covid-19 na Europa
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade