0

Manoel Cipriano lança história emocionante de rapaz sonhador

Livro "Jogador de Futebol" é um drama social que faz o leitor mergulhar na história do protagonista

8 jan 2018
16h04
  • separator
  • comentários

Ser um jogador de futebol já foi e ainda continua sendo o sonho da maioria dos meninos. Inspirado nisso, Manoel Cipriano lança a obra "Jogador de Futebol - Você Também Já Sonhou ser um", que conta a árdua caminhada do menino Gustavo. O rapaz sempre teve como meta de vida brilhar nos gramados, mas acabou passando por diversos obstáculos durante sua jornada.

Foto: DINO

Para realizar seu sonho no esporte, saiu de casa, viveu várias andanças pelo país e passou grandes dificuldades como muitos que tinham a mesma vontade que ele, pela falta de incentivo e de política pública para desenvolvimento dos talento dos jovens. Diante das condições adversas e da chegada da idade adulta, ele precisou abandonar sua tarefa, sem êxito, para estudar e poder ajudar a família financeiramente.

O livro, emocionante e profundo, é uma ficção baseada na realidade de muitos jovens brasileiros. "Jogador de Futebol" é um drama que faz o leitor mergulhar na história do protagonista, vivendo todas as suas mazelas e problemas.

Sobre o autor:
Manoel Cipriano Oliveira nasceu em 23 de dezembro de 1961, em Bom Princípio, zona rural do Município de Esperantinópolis, Estado do Maranhão. É Mestre em Educação, graduado e Especialista em Direito, com bacharelado e licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Além de advogado, foi Professor Universitário, Defensor Público e Servidor do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, no qual exerceu o Cargo de Analista Judiciário na função de Oficial de Justiça da Seção Judiciária do Estado do Mato Grosso, com sede em Cuiabá, tendo sido aposentado, em decorrência de problema cardiovascular.



Website: http://www.autografia.com.br/loja/jogador-de-futebol:-voce-tambem-ja-sonhou-ser-um/detalhes
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade