2 eventos ao vivo

Joel Carlo lança clássicos do sertanejo no DVD "Boteco, Cachaça e modão"

Artista expoente na música sertaneja revela o desejo de gravar com grandes nomes da música sertaneja

13 fev 2020
14h21
atualizado às 15h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Natural de Porto Alegre, Joel Carlo é hoje um dos principais nomes da música na região Sul do Brasil. O cantor de 36 anos acumula na sua trajetória musical, dois DVD's já gravados e foi um dos artistas mais executados nas rádios do estado do Rio Grande do Sul entre 2018 e 2019.

Foto: DINO / DINO

De família humilde, teve o seu início de carreira parecido com a trajetória musical dos irmãos Zezé di Camargo e Luciano. Cantando desde os cinco anos tendo seu pai como principal incentivador e professor, Joel saiu do Rio Grande do Sul ainda pequeno, viajou por estados como Paraná, Brasília e com apenas doze anos, quando morava com o pai na cidade de Relvado (RS), conheceu o empresário Pedro Frozza, dono de uma rede de churrascarias em São Paulo. Acolhido pela família do empresário, cantou por seis anos nas churrascarias, onde conheceu nomes de grandes produtores como Arnaldo Sacomani, que frequentava com grande frequência ao lado de cantores e profissionais da música, o local.

Depois de alguns anos fora de seu estado, Joel foi convidado para tocar em uma banda de bairro chamada "Super Produção". Com o destaque, os convites vieram e a notoriedade musical do cantor ganhou mais força. O primeiro sucesso da carreira veio quando o cantor se juntou à banda "Champion", a música "Você me tira do ar" foi lançada em 2006, sendo a mais tocada na região sul e atingindo hoje quase três milhões de visualizações no YouTube.

Assim como o cantor Michel Teló, Joel teve como grande escola os bailes "Para um artista crescer musicalmente, os bailes são uma grande escola. Aprendemos todos os ritmos e estilos e aí temos maturidade para escolher o que queremos seguir", explica o cantor.  Passou por bandas que fazem sucesso até os dias atuais como, por exemplo, "Tchê Barbaridade" e "San Francisco".

Em 2013, conheceu Serginho Moah, até então, cantor do 'Papas da Língua' e grande referência no Rio Grande do Sul, que o incentivou a tentar a carreira solo. A partir desse momento, Joel toma uma das decisões mais importantes da sua vida e começa a trilhar sua história. O primeiro DVD foi produzido de forma acústica e abriu portas na carreira do cantor, ficando conhecido principalmente no meio dos jogadores de futebol, Joel passou a cantar em eventos e festas de aniversário dos atletas dos principais clubes do Rio Grande do Sul: Internacional e Grêmio.

A gravação do segundo DVD foi diferente. O "Boteco, cachaça e modão" contou com a presença de público, jogadores e imprensa regional. Gravado em 2019 e lançado em 2020, conta com 11 pot-pourri e seis músicas autorais. Sucessos como "Tentei te esquecer", "Pagina de amigos", "Talismã" entre outros. Joel é produzido por Blener Maycom, produtor de grandes nomes da música sertaneja como, Naiara Azevedo, Felipe Araújo e as duplas Zé Neto e Cristiano e Simone e Simaria.

Joel não esconde o desejo de gravar com grandes nomes da música sertaneja como Michel Teló, Felipe Araújo, Leonardo, Eduardo Costa entre outros.



Website: http://youtube.com/joelcarlojc

Veja também:

A igreja que conecta fiéis a Deus com a ajuda do álcool
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade