0

Goiás chegou à produção de 8.500 kW com usinas solares, em fevereiro

19 abr 2018
11h52
  • separator
  • comentários

O governador Marconi Perillo lançou, recentemente, o Programa Goiás Solar com o objetivo de transformar o Estado em uma referência nacional no consumo e na geração de energia solar. O programa é executado por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (SECIMA).

O Programa Goiás Solar pretende garantir melhorias na qualidade de vida da população, segundo o governador que está empolgado para mostrar que é importante valorizar as políticas voltadas à redução dos efeitos prejudiciais ao meio ambiente. O governador ainda afirma que em Goiás o trabalho para buscar fontes alternativas e sustentáveis é constante. O novo programa mostra os benefícios que cada município terá ao optar pela matriz energética limpa e descentralizada.

Os municípios interessados podem, com seus próprios recursos, construir usinas e firmar parcerias com empresas que participam do programa Goiás Solar. Usinas solares construídas dessa forma poderão vender a energia gerada às prefeituras por um preço abaixo do que é pago hoje. Outra grande vantagem do projeto, segundo o governador, é a isenção da cobrança de bandeira que aumenta o custo da energia conforme a disponibilidade hídrica nacional. Atualmente, a bandeira está "vermelha 2", o que significa custos adicionais na conta de luz.

Estudos apontam que, em fevereiro do ano passado, havia no Estado cerca de 170 usinas solares que produziram 1.300 kW. Já no mês de dezembro, a produção chegou a cerca de 7.000 kW. Em fevereiro deste ano a produção ultrapassou 8.500 kW e as usinas se multiplicaram, chegando a 605 usinas em atividade. Com esses dados, Goiás passou do 16º para o 8º lugar entre os estados na geração de energia solar no Brasil, além de possuir registrado dois recordes.

O número de micro usinas cresce cada vez mais em Goiás. Além disso, o número de residências e de estabelecimentos comerciais que contam com energia fotovoltaica saltou de 60 para mais de 400, um aumento de mais de 650% em um curto prazo. A economia anual para o Governo de Goiás é estimada em R$ 24 milhões, a partir do uso de fonte renovável, como a energia solar.

As usinas solares são responsáveis por transformar a radiação liberada através do Sol em energia elétrica. Utilizar usinas solares é uma excelente opção para substituir a utilização dos combustíveis fósseis, como também de outros tipos de produção de energia não renováveis, segundo os especialistas. Os modelos mais utilizados e mais acessíveis são as usinas solares fotovoltaicas que fazem uso de placa solar. Por ser uma tecnologia mais madura, oferece uma economia mais satisfatória, além de um excelente desempenho.

O Programa Goiás Solar é uma estratégia importante para ampliar o alcance da iniciativa junto à população. A partir do programa, as prefeituras têm acesso ao licenciamento ambiental, à atração de investimentos privados e à visibilidade nacional. Se você deseja receber mais informações sobre energia solar e saber como gerar energia limpa por meio da placa solar, acesse o Portal Solar e acompanhe mais novidades.



Website: https://www.portalsolar.com.br/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade