1 evento ao vivo

Diferentes iniciativas discutem e reforçam o valor da diversidade nas organizações

30 jun 2020
18h17
atualizado às 18h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Mais de 90 dias se passaram desde que o Brasil começou a vivenciar o principal e mais comum sintoma da Covid-19: a virtualização das relações. Causada pela medida profilática mais receitada contra o vírus, que é o distanciamento social, levanta curiosidade sobre os seus efeitos colaterais: home office, home schooling, compras online, festas online, calls, reuniões por vídeo em diferentes aplicativos; agenda flexível (o que, para alguns, significa um dia sem almoço, para outros, oportunidade de estudar mais e descansar); negócios fechando, outros (que surfam a onda do online ou on demand) crescendo.

Foto: DINO / DINO

Pegando um jacaré nessa onda, como bons cariocas, o "pessoall" da FourAll abriu as portas - virtuais - da PlurAll Academy em junho e está lançando em julho uma solução gamificada de micro-mentoria: o iPlurAll. Não tem erro de digitação, não. É tudo com all porque é para todxs e todxs se escreve com x para reafirmar o compromisso com a diversidade (não somente de gênero, mas de uma série de características que formam a pluralidade de cada pessoa, segundo eles). A PlurAll Academy é definida como um espaço colaborativo onde são compartilhados conteúdos sobre Pluralidade, Diversidade e Inclusão. Uma plataforma online em regime de assinatura mensal que dá acesso à conteúdos, vários exclusivos, em diferentes formatos. Já o iPlurAll é uma ferramenta de micromentoria inclusiva, onde todos podem ser mentores e mentorados e a conexão entre usuários é feita automaticamente com base no grau de diversidade entre eles, de forma totalmente anônima. Seguindo uma tendência do mercado corporativo, consultorias como essa oferecem também ferramentas de diagnóstico e treinamentos sobre diversidade.

Fato é que Diversidade & Inclusão são hot topics em gestão de pessoas. Organizações no Brasil e no mundo se voltam para essas questões na intenção de responder a uma demanda da sociedade que afeta diretamente como sua marca é percebida por consumidores e talentos. A inclusão das diferenças é mais que uma discussão importante. Algumas empresas já percebem o valor da diversidade em números expressos nos seus resultados, seguindo uma tendência já validada em pesquisas de consultorias como a McKinsey - que em um dos últimos estudos divulgados, intitulado Diversity Wins, ressaltou que questões como diversidade, inclusão e respeito à pluralidade de ideias se tornam ainda mais críticas em época de crise, quando necessitamos de mais inovação e criatividade. Estas empresas sabem que precisam fazer cada vez mais para acompanhar os movimentos e colherem os frutos das suas ações. Outras entendem apenas que é o "certo a ser feito", pois seria preciso corrigir erros históricos e rever o posicionamento da sociedade acerca de certos temas.

Junho é o mês do orgulho LGBTQQICAPF2K+. E não foi somente a quantidade de caracteres desta sigla que aumentou; também cresceu a quantidade de movimentos ativistas e de pessoas que se sentem confortáveis para revelar suas orientações de gênero. Sim, ainda há preconceito e até discriminação. E muitos o sentem na pele, como George Floyd, o homem preto americano assassinado em uma ação policial que trouxe mais uma cor para o arco-íris do mês de junho.

Raça ou cor de pele, assim como gênero, são partes integrantes da "mandala das diversidades", como resume Sylvia Terra, sócia da FourAll que vai conduzir o primeiro de uma série de webinários sobre pluralidade que o time da consultoria promove a partir de 2 de julho. O tema deste webinário será "Diversidade como base para melhores práticas - por onde começa a mudança?" e Sylvia reforça que o objetivo é "fomentar a discussão, porque é assim que podemos contribuir para a mudança de comportamento demandada pela sociedade".

E é por tudo isso que inúmeras iniciativas são fonte de estudo e discussão. Em junho foram divulgados os resultados do Guia Exame de Diversidade, em parceria com o Instituto Ethos. Uma live foi realizada no para ressaltar o compromisso de construir uma visão sobre diversidade e inclusão no momento atual e pós-pandemia. Em julho, a FourAll vai realizar o Mês PlurAll, com um webinario semanal gratuito, para compartilhar conhecimento sobre temas relacionados à pluralidade, como Igualdade e equidade, Privilégios e Preconceitos, Inclusão de deficientes e Vieses, sempre com a participação de convidados.

O "pessoall" já fez outros webinarios abertos ao público desde o lançamento da PlurAll Academy e colheu depoimentos positivos, como este da Monika Sengberg: "Para mim o evento da PlurAll trouxe uma questão diferente: a diversidade do impacto e das experiências. A pluralidade é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa, construtiva e feliz."

Estes trabalhos confirmam a existência de muitas empresas nacionais sérias e antenadas com as tendências mundiais de conscientização por um mundo mais plural.

Se você gosta de pessoas e busca visões diferentes de mundo que ajudem a gerar reflexão e apoiem na conscientização por um mundo mais plural, vale conferir a agenda do evento em www.webinar.fourall.co, bem como visitar as páginas do Ethos e da Exame.



Website: http://www.academia.fourall.co

Veja também:

Último debate entre Trump e Biden tem tom mais ameno, mas com troca de acusações; veja destaques
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade