0

Cresce número de mulheres que viajam sozinhas em todo o mundo

Dados observados pela Assist Seguro Viagem revela que número de mulheres viajando sozinhas aumentou significativamente

16 mar 2020
13h34
atualizado às 16h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

É cada vez maior o número de mulheres que optam por se aventurarem sozinhas pelo mundo. Para acompanhar esse crescimento, empresas do segmento de viagem e turismo, bem como sites e blogs especializados no tema estão investindo em suporte e serviços que atendam a essas viajantes. A Assist Seguro Viagem observou que a maioria dos clientes que investiram na contratação de seus planos de seguro viagem em 2020 foram mulheres.

Foto: DINO / DINO

Estes dados são igualmente comprovados por outras fontes do segmento de turismo. Segundo levantamento feito pela MaxMilhas, site de vendas de passagens aéreas por meio de milhas de programas de fidelidade, o número de mulheres que compraram voos individuais para o Carnaval em 2020, cresceu em 8% em relação ao ano de 2019. Outro dado interessante publicado pela ABIPE - Associação Brasileira de Intercâmbio, mostra que 60% dos brasileiros que buscam fazer intercâmbio são mulheres, e em sua grande maioria preferem viajar sozinhas. Isso não quer dizer que são solteiras, muitas deixam maridos e filhos para investirem em si mesmas e viverem novas experiências.

A pesquisa também aponta que, normalmente, as intercambistas buscam programas com cursos de línguas, que permitam estudar e trabalhar. Os destinos mais visitados por elas são: Canadá, Estados Unidos, Austrália, Irlanda, Reino Unido e Malta. Todos estes destinos permitem grande imersão cultural, independência e principalmente segurança. Isso acontece porque são países que possuem boa recepção ao público feminino.

Seja para mulheres ou homens a segurança na viagem é fundamental e o ideal é sempre se precaver para situações indesejáveis, que podem ser responsáveis pela interrupção da viagem ou experiências frustrantes. Empresas como a Assist Seguro Viagem, garante coberturas que cobrem ou mesmo superam os valores mínimos exigidos por países onde o seguro é obrigatório. Este deve ser um ponto de atenção.

De acordo com André Lucas, Diretor Comercial da Assist Seguro Viagem "O seguro deve ser uma das principais preocupações antes de se embarcar em viagem e as mulheres já constituem a maioria dos clientes assegurados em 2020. A importância de fazê-lo em viagens ao exterior é realmente grande, pois esse serviço pode livrar viajantes de diversos imprevistos que podem acabar com sua tão sonhada viagem. Nossa empresa possui como diferencial uma comunicação rápida e direta com o consumidor via WhatsApp, poupando viajantes de burocracias como baixar aplicativos específicos para obter atenção e socorro médico. Após contratar o seguro viagem, nossas clientes têm acesso e ciência de todos os seus direitos e coberturas e, assim, entendem o que sua apólice cobre ou não cobre para fazer uso nos momentos emergenciais e necessários. Assim é possível garantir uma viagem segura e protegida em qualquer do mundo".

Para Lucas, contratar o seguro de viagem é item indispensável, "Principalmente quando tratamos de viagens de longa duração, as mulheres viajantes estão sujeitas a riscos, assim como os homens. Imprevistos podem acontecer e em casos de dor, doença ou acidentes a melhor maneira de solucioná-los é entrando em contato com o suporte do seguro, para assim, receber todo o direcionamento e acompanhamento que garantam o seu bem-estar e estabilização".



Website: https://www.assistseguroviagem.com.br

Veja também:

Como funcionam as eleições presidenciais nos EUA
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade